O que é Buzz Marketing? Como fazer todo mundo falar

Toni Campos Por Toni Campos em 6 fevereiro, 2022 ~ 14 minutos de leitura
O que é Buzz Marketing? Como fazer todo mundo falar

Toda marca quer publicidade.

No entanto, com o aumento da concorrência e a diminuição do tempo de atenção, conquistar e reter clientes nem sempre é fácil. As empresas brasileiras perdem bilhões anualmente devido à troca de clientes evitável.

Os profissionais de marketing agora enfrentam vários desafios para obter a atenção certa, pois os consumidores não se conectam mais às estratégias automáticas de marketing.

Mas e se você pudesse fazer as pessoas falarem sobre sua marca em vez de usar uma abordagem tradicional de marketing de saída?

Sumário

O que é buzz marketing?

O buzz marketing é uma técnica de marketing que cria visibilidade e entusiasmo em torno de uma marca por meio do marketing boca a boca.

O boca a boca impulsiona as decisões de compra e está no centro do buzz marketing. É como uma reação em cadeia, onde os profissionais de marketing iniciam uma campanha não convencional e atraem clientes usando buzz.

Mas o que exatamente é “buzz”? Pode ser uma foto, uma ideia, uma frase, uma citação, um vídeo ou alguma outra jogada de marketing. No entanto, é quase sempre absurdo, único ou verdadeiramente fenomenal. Afinal, um buzz é o que faz as pessoas falarem (ou não) sobre sua marca.

Quando bem feito, o buzz marketing ajuda a:

  • Gerar publicidade gratuita
  • Criar reconhecimento de marca
  • Criar um sentimento positivo em torno da sua marca
  • Realizar análises de público e segmentar um novo público além das personas da sua marca

Existem várias razões pelas quais o buzz marketing é tão eficaz. 

  • Os consumidores confiam nas recomendações dos colegas, pois geralmente são imparciais. 
  • O medo de perder (FOMO) entra em jogo quando as pessoas sentem a necessidade de “fazer parte” das conversas online.
  • Como o buzz marketing depende da ilusão de frequência, onde os consumidores continuam encontrando a mesma mensagem, geralmente permanece com eles.

Buzz marketing vs. marketing viral, qual é a diferença?

Tanto o buzz marketing quanto o marketing viral têm objetivos semelhantes. No entanto, eles diferem em desenvolvimento e uso. Os diferenciais a seguir podem ajudá-lo a escolher um dos dois estilos de marketing populares.

Impulso

A principal diferença entre buzz e marketing viral é como cada um atinge um público. Uma campanha viral ganha velocidade lentamente e aumenta gradualmente a cada lançamento. Por outro lado, o buzz marketing explode rapidamente, ou seja, direciona e simultaneamente envia mensagens para um grande público.

Sujeito

No marketing viral, a campanha é o foco principal. Além disso, uma mensagem viral evoca um certo sentimento ou emoção. Por outro lado, o buzz marketing faz com que as pessoas falem sobre a marca, não apenas sobre a mensagem. É por isso que o último é geralmente preferido no lançamento de um novo produto.

Médio

As campanhas de marketing viral são realizadas principalmente nas mídias sociais. Para o buzz marketing, o primeiro gatilho pode vir de um evento offline, como uma performance de rua ou uma campanha de teste de produto, ajudando a alcançar milhares de pessoas instantaneamente.

Vantagens e desvantagens do buzz marketing

Para decidir se o buzz marketing é para o seu negócio, você precisa entender seus prós e contras. Vamos dar uma olhada.

Vantagens

Aqui estão algumas das principais vantagens do buzz marketing:

  • Para começar, o buzz marketing é uma maneira bastante barata (e muitas vezes gratuita) de gerar publicidade para sua marca. Pode obter um maior retorno sobre o investimento (ROI) do que as formas tradicionais de marketing.
  • Ele também permite que os profissionais de marketing se conectem com seu público instantaneamente. Isso abre caminho para uma melhor imagem de marca e clientes fiéis.
  • Finalmente, como o buzz marketing decola rapidamente, é uma ótima estratégia para resultados rápidos.

Desvantagens

O buzz marketing também tem algumas desvantagens. Alguns destes são:

  • O sucesso do buzz marketing depende em grande parte dos gatilhos. E, naturalmente, destacar-se da multidão não é brincadeira de criança. Então, criar qualquer buzz real requer muita pesquisa e ideação.
  • Depois de um certo ponto, não é fácil controlar quem é o alvo da sua campanha de buzz marketing.
  • Você precisa aprender com tentativa e erro para que sua mensagem se torne viral.
  • Se você não escolher seus gatilhos com cuidado, eles podem sair pela culatra e danificar a imagem da sua marca.

Tipos de buzz marketing

Você precisa dar aos usuários algo sobre o que falar para que o buzz marketing funcione. 

De acordo com Mark Hughes, o cérebro por trás do “buzz marketing”, seis diferentes iniciadores de conversão, conhecidos como botões de buzz, determinam a saúde de uma campanha. Vamos entender quais são essas seis possibilidades.

1. Tabu

Tabu geralmente se refere a assuntos polêmicos além do seguro e chato, como política ou veganismo. Todo mundo tem uma resposta ou opinião sobre esses tópicos. Um exemplo proeminente de tabu é como alguns canais de notícias lidam com controvérsias para levar as pessoas a falar sobre seus programas.

Da mesma forma, usar botões tabu em uma campanha de marketing pode ajudar a atrair mais atenção. No entanto, é importante ter cuidado e manter os limites ao lidar com questões delicadas. 

2. O incomum

O início de conversa incomum oferece ao seu público algo único, algo inesperado. Isso faz com que sua marca seja notada e a diferencia da concorrência. 

As marcas costumam usar “o inusitado” para trazer um novo produto ao mercado e provocar uma discussão sobre ele. Pode incluir algo nunca visto antes ou fora do normal.

3. O notável

Quando um restaurante vai além das expectativas e oferece uma experiência gastronômica espetacular, você conta para as pessoas, não é? Então o gatilho “notável” é ativado. Pode ser o mais fácil para as marcas implementarem, pois depende da satisfação do cliente.

Aqui, o objetivo é criar algo melhor que a média e oferecer uma ótima experiência ao cliente .

Lembre-se, médio e ordinário não é mais suficiente para os consumidores. O suporte ao cliente pontual, uma política de devolução flexível e entrega rápida abrem o caminho para uma ótima campanha de buzz marketing.

4. O emocional

Os três últimos gatilhos são relativamente mais difíceis de aplicar nas empresas.

Gatilhos emocionais pegam os consumidores de surpresa. Várias marcas contam com “o emocional” para chamar a atenção e melhorar o valor do recall. O emocional pode envolver o engraçado, chocante, triste ou qualquer emoção.

Você precisa garantir que esse tipo de buzz marketing esteja relacionado à sua marca. Todos nós podemos rir de um comercial, mas esquecemos o nome da marca ao compartilhá-lo. A marca se beneficia disso? Na verdade, não.

5. O hilário

Hilário é um dos botões de buzz mais populares. Baseia-se no humor para agarrar e manter a atenção do público. O conteúdo hilário se espalha como fogo porque estamos sempre procurando motivos para rir.

6. O segredo

O segredo é o sexto e último botão de buzz. As pessoas estão curiosas sobre as coisas que lhes são negadas. Eles querem aprender mais sobre algo misterioso e se orgulham de compartilhar segredos.

Uma maneira de usar essa técnica é dar a clientes selecionados uma demonstração de um produto ainda não lançado ou dos bastidores de sua empresa. A ideia é fazer com que as pessoas se sintam do lado de dentro. Segredos ou até mesmo mensagens para algo maior são uma ótima maneira de divulgar sua marca.

Como você gera buzz de marketing?

Agora que você sabe o que é buzz marketing, por que é tão eficaz e os diferentes tipos, é hora de ir direto ao ponto. Aqui estão seis etapas fáceis para gerar o buzz que você precisa.

Defina suas personas de comprador

Qual é a primeira coisa que você faz quando começa a desenvolver uma campanha de marketing? Você pensa no seu público. Se você não entender seu público, não poderá abordá-lo. Isso marca o fracasso da sua campanha de buzz marketing.

Então, comece criando personas de comprador que representem seu cliente ideal.

Aqui estão algumas perguntas a serem feitas:

  • Quem são eles?
  • Qual é a profissão deles?
  • Quantos anos eles tem?
  • Quais são seus pontos de dor?
  • Onde eles procuram informações?
  • O que eles consideram “divertido”?
  • O que importa para eles ao selecionar um fornecedor?

Depois de conhecer sua(s) persona(s) de comprador, você pode facilmente escolher uma técnica de marketing de buzz adequada.

Crie uma hashtag para divulgar sua marca

As marcas querem ver tudo o que as pessoas dizem sobre elas em um só lugar. Uma hashtag de marca ajuda você com isso. Uma estratégia de marketing de hashtag também facilita a coleta de feedback dos clientes após o término da campanha.

Por fim, quando você acessa todo o conteúdo em uma hashtag, monitorar o sucesso também é muito fácil. Portanto, certifique-se de incluir sua hashtag ao postar uma campanha de buzz marketing.

Compartilhe nas redes sociais

Mesmo que você tenha iniciado uma campanha offline, faça questão de falar sobre isso em todas as plataformas sociais em que estiver. Ajuste o conteúdo para cada plataforma conforme necessário.

Para que o buzz marketing funcione, você precisa fornecer algum valor ao seu público. Portanto, publique conteúdo de alta qualidade, fazendo com que os clientes em potencial queiram aprender mais sobre sua marca.

Aproveite ao máximo seus assinantes de e-mail. Examine de perto sua lista e elimine usuários ativos, clientes fiéis com maior probabilidade de ler seu e-mail. Em seguida, envie e-mails oferecendo vantagens como assinaturas gratuitas, cupons ou descontos. Por fim, incentive-os a se tornarem embaixadores, compartilhando mais sobre sua marca com outros clientes em potencial interessados.

Alcance os influenciadores certos

Você pode fazer parceria com um influenciador ou embaixador da marca para obter melhor visibilidade e alcance. Os influenciadores têm uma boa presença nas mídias sociais e um público altamente engajado. Eles também sabem que tipo de conteúdo funciona para seus seguidores. Como as opiniões deles são levadas muito a sério, é fácil capitalizá-las e criar um burburinho em torno do seu produto.

Você pode começar simplesmente dando a influenciadores selecionados um produto recém-lançado como presente e pedindo que eles compartilhem uma avaliação nas mídias sociais, juntamente com a hashtag da sua marca, é claro.

No entanto, certifique-se de escolher os canais certos para o marketing de influenciadores. Você não quer escolher uma plataforma onde suas personas de comprador não estejam.

Monitore sua campanha e melhore

Sua campanha de buzz marketing não termina até que você avalie seu sucesso.

Por exemplo, você pode usar ferramentas de análise para analisar métricas como o desempenho do tráfego do seu site ou as visualizações do seu vídeo do YouTube. Simplificando, você usa seus indicadores-chave de desempenho (KPIs) de marketing habituais para ver se está atingindo seus objetivos. 

Avalie se o desempenho da sua marca melhorou com sua campanha de buzz marketing. Caso contrário, tente entender o que deu errado e use esses dados para informar futuras campanhas de marketing.

Dicas e ideias para um buzz marketing

Agora vamos ver alguns dos melhores hacks, dicas e ideias para uma campanha de marketing de buzz bem-sucedida.

Foque mais nas pessoas

Sua marca e seu produto precisam estar no centro das atenções, mas lembre-se de que as pessoas impulsionam as campanhas de buzz marketing. Portanto, sempre mantenha seu público em segundo plano. Pense em seus interesses, pontos problemáticos, hobbies e necessidades se quiser criar um buzz real.

Use a técnica da escassez

Você provavelmente já viu sites de comércio eletrônico oferecendo vendas por tempo limitado. As vendas instantâneas funcionam basicamente com base no princípio da escassez. A razão pela qual funciona é simples. As pessoas valorizam mais as coisas escassas.

A ideia é reduzir a disponibilidade de um produto enquanto a demanda permanece a mesma. As marcas que aplicam com sucesso o princípio da escassez são muitas vezes rotuladas como exclusivas, permitindo-lhes cobrar um preço premium por seus produtos.

Use dois ou mais botões de buzz ao mesmo tempo

Se você deseja extrair mais de seus esforços de marketing de buzz, precisa oferecer algo melhor ao seu público. Cada um dos botões descritos por Mark Hughes é uma maneira eficaz de criar campanhas. Mas e se você combinar dois desses?

Por exemplo, em vez de apenas ser incomum, faça algo incomum e hilário. Isso leva a que mais pessoas queiram compartilhar seu conteúdo.

Ir para uma campanha de marketing de vídeo

O marketing de vídeo funciona bem por vários motivos. É visualmente estimulante, memorável, altamente compartilhável, transmite mensagens com facilidade e pode desencadear emoções fortes. Isso é praticamente tudo que sua mensagem de buzz marketing precisa ser. Você deve ter ideias que possam dar vida por meio de conteúdo de vídeo .

Nível com o zumbido

Mesmo que você crie um burburinho enorme entre seu público, não é bom para sua marca se seu produto não corresponder às expectativas. Você pode acabar perdendo clientes existentes e lutando para encontrar novos. Portanto, certifique-se de que sua marca e seu produto correspondam ao hype que sua campanha de buzz marketing gera.

Exemplos de sucesso de buzz marketing

Até agora, você provavelmente sabe o quão eficaz é o buzz marketing. Aqui estão três exemplos de marcas que implementaram com sucesso essa estratégia e inspiraram muitas outras.

Starbucks

A Starbucks depende muito do buzz marketing para se manter popular e relevante com seu público. Uma das primeiras coisas que vêm à mente quando ouvimos falar da Starbucks é sua tática líder de personalização de escrever os nomes dos clientes em canecas de café.

Muitos clientes compartilham voluntariamente as fotos dessas canecas em suas contas sociais, ajudando a Starbucks a ganhar publicidade gratuita. Mesmo nomes com erros ortográficos recebem muita atenção online. Dê uma olhada no número de postagens para a hashtag #starbucksnamefail no Instagram.

starbucksnamefail

Isso não é tudo. A Starbucks ainda aperta o botão de buzz surpresa por meio de seu menu secreto. Os amantes de café não encontram essas bebidas no cardápio. Eles precisam pedir ao barista para prepará-lo especificamente. A maioria dos sabores são únicos e desconhecidos, como Butterbeer Latte e Apple Pie Frappuccino.

As pessoas descobrem essas bebidas através do mero boca a boca. A Starbucks escolhe alguns clientes fiéis para divulgar nas mídias sociais.

Nissan

O marketing viral da Nissan, “Pôneis Malditos”, após o lançamento da campanha, a Nissan Brasil fechou agosto de 2011 com recorde de vendas da picape Frontier, de todos os tempos no Brasil. 81% de vendas a mais que o mesmo período de 2010.

Clubhouse

Em 2020, o aplicativo social de áudio Clubhouse conquistou a internet. Graças à sua estratégia de buzz marketing, cresceu excepcionalmente rápido. A plataforma tinha associação apenas para convidados, o que fazia os usuários quererem ir para a plataforma.

Em poucas noites, o clube se tornou o assunto nas redes sociais, deixando os internautas desesperados por convites.

Quando for a hora certa

O buzz marketing é uma forma de baixo comprometimento de divulgar a marca. Tudo o que você precisa fazer é entender seu público, ter um objetivo claro, um produto de qualidade e a abordagem certa.

Marcas de todo o mundo já estão se beneficiando dessa estratégia e expandindo seus negócios. Quando você vai entrar nessa onda?

Agora que você sabe o que é necessário para alavancar com sucesso o buzz marketing, leia mais sobre marketing de conteúdo, um estilo de marketing paralelo que produz resultados graduais, mas constantes.

Toni Campos
Escrito por: Toni Campos

Como CEO da Cia Web Sites, a função do Toni Campos é garantir o crescimento da agência e ajudando seus clientes a obterem ótimos resultados. Ele é um praticante de SEO de longa data, com mais de 12 anos de experiência ajudando empresas a aumentar sua receita online. Ao longo dos anos, ele também treinou vários profissionais de marketing digital.