Como cuidar da construção do seu brand equity

Redação Cia Web Sites Por Redação Cia Web Sites em 31 agosto, 2021 ~ 6 minutos de leitura
Como cuidar da construção do seu brand equity

Uma marca define a identidade da sua empresa, carregando seu significado e direção. Mas, como gerar valor à marca? Cuide da construção do seu brand equity. Saiba como!

Um dos termos mais falados atualmente entre os empresários é o brand equity. Muito utilizado na área de marketing, o termo diz respeito ao valor agregado a um serviço ou produto, de acordo com a “força” da marca.

O brand equity também diz respeito à forma como o consumidor pensa da marca, assim como os preços aplicados e a qualidade dos produtos. Por não ser considerado tangível, muitas empresas não se preocupam, mas é muito possível e importante mensurar o valor de marca.

Se preocupar com a construção do brand equity pode trazer diversos benefícios para a empresa, além de possibilitar o destaque entre as demais. Quanto maior ele for, maior o poder da empresa.

O que é marca?

A marca, ou brand, é um termo, nome, design ou símbolo, sinal ou a associação de vários destes elementos utilizados com o objetivo de diferenciar uma empresa ou produto. A criação de marcas, ou o branding, é uma parte essencial do marketing.

A identidade visual da marca, as cores usadas, a decoração das lojas ou ponto físico da empresa, o atendimento e a linguagem que a marca utiliza com seu público e o contato que ele tem com a empresa são componentes da “percepção da marca”.

Estratégias que agregam valor à marca

1. Crie um vínculo emocional com seus clientes

Ao criar um anúncio, enviar um e-mail ou fazer um vídeo, considere como os clientes vão se sentir. Investir em campanhas emocionais é um passo importante.

Portanto, inspire-se e foque em causar uma sensação positiva no cliente. Além disso, não deixe de divulgar os atributos do seu produto, a fim de diferenciá-lo no mercado.

Outros pontos importantes incluem oferecer um atendimento personalizado e que surpreenda o consumidor. Nesse ponto, foque no atendimento humanizado, já que essa é uma estratégia que traz resultados para empresas de diferentes nichos.

2. Ouça seu cliente

Para desenvolver brand equity, ouça o seu consumidor por meio de um canal de diálogo. Isso poderá trazer insights que vão te ajudar a tomar decisões e melhorar o que for preciso em sua empresa.

Você pode iniciar com uma pesquisa de satisfação e analisar os pontos que a sua empresa precisa melhorar. Analise também toda a experiência do cliente, como o atendimento, fornecimento de produtos e serviços, entre outros.

3. Escolha os canais certos

Para um bom planejamento de conteúdo, é importante identificar quais os melhores canais para transmiti-lo aos clientes. Lembre-se de que a sua marca não precisa estar presente em todos os canais, mas onde seu público alvo se centraliza.

Além das redes sociais, tenha um blog corporativo para expressar conhecimentos, inovações, dicas e informações úteis. Por meio desse canal, você também poderá apresentar seus produtos e serviços, gerando leads.

Mas, não deixe de manter uma atividade frequente nas redes sociais e blog. Afinal, a regularidade nas postagens aumenta o poder do marketing digital.

4. Crie um logo atrativo

Brand equity não é brincadeira e o design escolhido para o seu logotipo faz parte da estratégia para construção de uma boa imagem da sua empresa. Ou seja, ele faz toda a diferença para atrair e influenciar ou não seus potenciais clientes.

Afinal, quando um cliente olha para sua marca, o primeiro pensamento dele é se pode ou não confiar nessa empresa. Portanto, o seu logotipo possui um papel essencial em responder essa pergunta e na era da conexão digital, a sua marca precisa ser autêntica.

Então, crie um logotipo que forneça informações sobre a sua empresa, que faça com que seu público descubra do que se trata o seu negócio à primeira vista. Diferente das grandes empresas, seu logotipo deve ser descritivo para que as pessoas saibam o que você vende ou faz só de olhar para seu logo.

Lembre-se de que quanto mais descritivo o seu logotipo for, mais autêntica a sua marca vai parecer. E para criar um logotipo perfeito e único, você precisa entender o que é um logo, incluindo a diferença para a logomarca, já que o primeiro se refere a parte escrita e a segunda ao desenho, ou ícone.

Vantagens de ter uma marca forte

1. Percepção de valor dos consumidores

Um dos efeitos que o brand equity pode causar é sobre a percepção de valor dos clientes. Quanto mais forte a marca, o consumidor dará mais valor para ela.

Ou seja, a empresa pode ter produtos similares aos concorrentes e até cobrar um preço mais alto por eles, que ainda assim poderá ter a preferência dos clientes.

2. Clientes leais à marca

Qualquer empresa sonha em ter clientes leais à marca e com o cuidado com o brand equity esse trunfo é possível. Quando o cliente dá valor à marca, ele se torna um defensor e irá indicá-la para seu círculo social, além de sempre interagir nos canais de comunicação da empresa.

Clientes leais trazem novos clientes de forma gratuita e totalmente orgânica, além de terem a tendência de gerar um ticket médio mais alto. Lembre-se de que o cliente hoje busca simplicidade e segurança ao realizar suas compras. Portanto, foque no que seu público mais procura, sem desviar a atenção dele.

A construção do brand equity

No marketing existem três grupos que podem impulsionar o brand equity.

O primeiro envolve os elementos que se referem a marca, como logo, nome, símbolo, cores, slogan, embalagens, entre outros. Esse grupo pode influenciar na forma que a marca será reconhecida, fazendo o cliente lembrar rapidamente da marca ao ver o símbolo ou logo.

Ao escolher os elementos, escolha símbolos significativos, que sejam de fácil memorização e reconhecimento, com nomes cativantes. Os elementos podem ser registrados, sendo utilizados por diversas marcas fortes para serem identificados e reconhecidos.

A Microsoft, por exemplo, deu o nome de “Bing” a seu mecanismo de busca, pois acreditavam que simbolizava o momento de encontrar o que estava procurando, como um sinal sonoro ou um “aha”. O nome é simpático, fácil e compreensível em qualquer idioma.

Já a Nike tem um símbolo inconfundível juntamente com um slogan estimulante “Just do it”. Além disso, seu nome é baseado na deusa mitológica que simboliza a vitória.

O segundo envolve o produto, serviço, além de todas as ações de marketing visando a satisfação do cliente. Essas ações favorecem a criação de relacionamento entre o público e a marca.

O terceiro grupo envolve uma abordagem indireta, que costuma acontecer quando o público cria uma imagem associada do produto a uma marca, trazendo mais confiança.

Ser uma marca reconhecida não implica diretamente em ser uma empresa confiável. Uma empresa pode ser reconhecida por escândalos ou por tratar os clientes de forma errada.

Agende uma conversa com um especialista

Pronto para discutir o sucesso digital do seu negócio? Você quer que seu site seja uma ferramenta de geração de leads? Agende uma ligação de 30 minutos, para que possamos aprender mais um sobre o outro e determinar se somos adequados. Estamos ansiosos para ouvir de você.

Solite uma proposta
Arrow Chamada proposta