Como Ser um Desenvolvedor Web de Sucesso

Como Ser um Desenvolvedor Web de Sucesso

Postado em: 02 de junho de 2017
Compartilhe

O Que é Ser um Desenvolvedor Web

Ser um desenvolvedor web, tecnicamente, é ter a capacidade de criar códigos que sejam interpretados pelos navegadores de internet. Estes, por sua vez, transformam os códigos em sites e sistemas, com o intuito de tornar as nossas vidas mais fáceis através de recursos acessíveis.

Para ser um desenvolvedor web é preciso analisar o cenário tecnológico e ser capaz de avaliar e ponderar o uso de frameworks e bibliotecas. Além disto, deve-se escolher um tipo de segmento (front, back, full, etc.) e mergulhar em um infinito de possibilidades e conhecimentos.

Neste artigo, iremos te dar algumas dicas de como ser um desenvolvedor web de sucesso. Iremos falar também sobre as duas vertentes que esta profissão pode apresentar.

A Realidade da Profissão

A profissão de Desenvolvedor Web tem se tornado bastante “cool” e está super na moda. Há quem diga que é a profissão do futuro e da geração dos bem sucedidos. Isto porque, mediante as possibilidades, ser um programador web é quase sinônimo de sucesso fácil.

No entanto, criar qualquer coisa que envolva a web requer muita paciência, perspicácia e, sobretudo, muito raciocínio lógico. É necessário ter um cérebro rápido e potente. Precisa também, acima de tudo, pensar no usuário que vai utilizar o seu sistema, site ou aplicativo. Afinal de contas, o sucesso da aplicação vai depender da sua popularidade e acessibilidade.

Em todas as suas nuances, o desenvolvimento web passa por diversas etapas e metamorfoses. Para criar um simples website, por exemplo, o ideal seria reunir uma equipe de, no mínimo, 4 pessoas. Nesta equipe mais completa, cada qual teria uma função específica. Não que seja obrigatório ter toda esta gente para se conseguir criar um site, mas, pelo fato de um site passar por várias etapas em sua produção, iremos explicar o porque deste comentário mais adiante.

Desafios de um Desenvolvedor Web

Criar um bom site não é uma tarefa nada simples. Apesar disto, aos olhos dos que não compreendem a complexidade do processo, parece ser algo que se pode ser feito do dia para a noite.

Como já citamos, ser um bom desenvolvedor web exige alta capacidade do profissional. Isto nos faz supor que esta deveria ser uma profissão muito valorizada. Porém, a dura realidade é que, a cada dia que se passa, tem ocorrido com mais frequência um sério problema: a banalização da função.

Por que a profissão é banalizada?

Um dos motivos deste infeliz fenômeno é que, apesar de todo o otimismo que existe em relação ao futuro do desenvolvimento web, ainda nos deparamos com o imediatismo e a precocidade. Isto porque, hoje em dia, com tantos recursos disponíveis, criar uma página web ou um aplicativo mais simples tem sido muito fácil.

Para aqueles que, por exemplo, não possuem um alto conhecimento técnico, já existem diversas plataformas que simplificam as etapas. Com elas, quase não há muito o que fazer ou pensar: basta seguir os passos e pronto, está feito! Principalmente, se forem utilizadas ferramentas de auxílio, como os frameworks e as plataformas de criação. Aí é que o processo fica muito mais rápido. Não há tempo a “perder” com análise de performance, SEO, acessibilidade, entre outras coisas.

Mas, não tiramos a razão destes profissionais mais despreparados. Afinal, em meio à urgência que os prazos exigem, é difícil encontrar tempo para aprender uma linguagem de programação de verdade. Por isso, tem se tornado comum “programadores web” ficarem eufóricos quando criam pequenas coisas usando extensas “libs”.

Como Evoluir Sendo um Desenvolvedor Web

Obviamente, não há como desmerecer a ajuda que os recursos nos oferecem, mas seria importante haver uma ponderação sobre o uso exacerbado de frameworks e bibliotecas. Afinal, estes recursos foram criados para otimizar o nosso tempo de produção. Porém, quando não são bem utilizados, podem acabar prejudicando e atrasando todo o trabalho.

Para ser um desenvolvedor web de sucesso, é preciso lembrar-se de que, tão importante quanto colocar uma animação ou um sistema para funcionar, é saber como ele foi feito, como se utilizou cada função e para que serve cada linha de código dentro do seu projeto.

Desenvolvedores bem sucedidos amam os projetos em que estão engajados. Eles se preocupam com detalhes, como manter tudo alinhado, por exemplo, para que qualquer pessoa da equipe saiba lidar com os códigos, caso o responsável não esteja mais presente.

Etapas do Desenvolvimento Web

Como havíamos mencionado anteriormente, um projeto web passa por várias etapas, como análises e pesquisas. Por isto, é necessário ter uma equipe mais completa de profissionais.

Equipe de Desenvolvedores

Nesta equipe existem profissionais responsáveis por:

  • Analisar a experiência do usuário (Design UX) ao utilizar o sistema.
  • Desenvolver o design do site, transformando pesquisas e análises em uma interface funcional e acessível.
  • Fazer a programação front e back end, que transformam as maquetes em protótipos funcionais e navegáveis.
  • Analisar se todos os passos anteriores foram executados corretamente.
  • Fazer o pós-lançamento, fase em que se realiza a análise e o acompanhamento do SEO das páginas e do ROI do projeto.

Como Crescer em uma Área Cada Vez mais Difundida

Para se tornar um bom desenvolvedor web, uma das principais dicas que te damos é: pare de utilizar o velho discurso dos profissionais fracassados (se é que você o utiliza) de que a culpa é sempre de quem usa o seu sistema. Se as pessoas têm dificuldades de utilizá-lo, é porque você cometeu algum erro. Não estamos nos referindo a erros como os que tiram o seu site do ar ou que travam alguma funcionalidade. Nos referimos aqui a erros de análise sobre a experiência do usuário.

Compartilhe os detalhes do seu projeto e do seu conhecimento com todos da sua equipe. Isto inclui desde o redator até o cara que será o responsável por gerenciar o projeto depois de pronto. Uma experiência compartilhada torna todo um processo mais fácil e funcional, aumentando exponencialmente as chances de sucesso do produto.

Aproveitando as Oportunidades de Mercado

Para crescer na profissão, é importante ficar atento às tendências que surgem e saber como aproveitá-las. Já há um tempo que vemos falando sobre startups e da criação de produtos de sucesso.

Hoje, um programador bem-sucedido, é aquele que cria ou co-cria um bom produto. Seja um aplicativo, um sistema ou um site, este produto deve atender às necessidades das pessoas, conquistando o público e tornando-se popular. Alguns exemplos disto são os trabalhos desenvolvidos por Bill Gates, Steve Jobs e Mark Zuckerberg, que tiveram grande destaque, cada qual em sua época.

Destaque-se na Multidão

Não seja apenas um programador que “segue o bonde”, mas sim que possa agregar conhecimentos de empreendedorismo à sua carreira. Isto irá abrir inúmeras possibilidades para você. Observe o contexto em que você está inserido e quais são as necessidades atuais que ninguém conseguiu suprir ainda. Eureka!

Por fim, o programador de sucesso não precisa ser um “Super Sayajin”, mas ele precisa ser capaz de criar produtos confiáveis e estáveis. É interessante também que ele seja menos eufórico e mais companheiro, mais solidário e menos “pop star”, mais atento ao que as pessoas realmente estão procurando quando acessam o seu sistema e menos preocupado com os efeitos mirabolantes que se coloca em uma página.

Yoda Desenvolvedor Web

Compartilhe

Gostou do post? Comenta aí!