5 razões para sua empresa aderir a um e-commerce

Redação Cia Web Sites Por Redação Cia Web Sites em 19 junho, 2016 ~ 4 minutos de leitura
5 razões para sua empresa aderir a um e-commerce

O e-commerce é uma modalidade de negócio que tem ganhado destaque e conquistado a preferência dos consumidores.

Ele traz mais conforto e praticidade para o dia a dia das pessoas, além de muitas outras vantagens para as lojas físicas.

A tendência é que esse tipo de venda cresça ainda mais, até que se torne a única opção daqui a alguns anos.

Até lá, é importante se preparar e modernizar o sistema de vendas para não ser pego de surpresa. 

Por isso, neste artigo, vamos falar sobre as vantagens do e-commerce para lojas físicas. Confira!

Como é feita a mudança para o ambiente on-line

Para adaptar uma loja física ao comércio eletrônico é necessário algumas ações, dentre elas entender o perfil do público-alvo.

A loja também deve cuidar para que o relacionamento com o cliente não seja abalado, uma vez que essas mudanças podem fazer isso.

É necessário escolher uma plataforma de confiança, já que ela vai expor os produtos e serviços, além de trabalhar toda a experiência do cliente. 

Portanto, uma loja on-line que venda porta etiquetas para gondolas, por exemplo, deve ter:

  • Qualidade;
  • Agilidade;
  • Informações aos usuários;
  • Boa usabilidade.

O melhor método para começar é investindo em marketing digital para divulgar a mudança, bem como fazer o consumidor entender que as compras pela internet serão as mesmas de uma loja física, só que de um modo muito mais confortável.

Pontos fortes do e-commerce

Um empreendedor de loja física passa a ter muitas vantagens quando também decide trabalhar na modalidade e-commerce.

Dentre as principais vantagens que demonstram a importância dessa transição, estão:

1 – Integração entre loja física e loja on-line

Integrar a loja física com o site da marca promove muitas facilidades para o consumidor moderno. 

Ele pode escolher como fazer a compra, bem como se deseja receber ou retirar a mercadoria.

2 – Baixa desistência

Muitas pessoas desistem quando veem o preço do frete, por isso, é interessante colocar a opção de retirar na loja.

Para as plataformas de serviço, como instalação de cerca elétrica, por exemplo, as desistências são ainda menores.

3 – Melhora o fluxo nas lojas físicas  

Se o cliente escolheu retirar a mercadoria que comprou na plataforma em uma das lojas, o fluxo nesses estabelecimentos será maior e melhor.

Essa situação também traz outra vantagem, o fato de que, em muitos casos, quando o cliente vai retirar o que comprou, acaba realizando outra aquisição.

Por exemplo, se ele comprou pelo site de uma loja uma capa para piscina grande, ao ir até o estabelecimento físico pode se interessar por outros itens, como bombas, produtos para tratamento de piscina, etc.

Isso é muito benéfico para o negócio, uma vez que ele tem dois caminhos de vendas, além do fato de que um beneficia o outro.

4 – Mais flexibilidade em trocas e devoluções

Assim como fica mais fácil para os consumidores retirarem os produtos que compram, também fica mais fácil para eles trocarem as mercadorias.

O estabelecimento pode oferecer muitos serviços por meio dos canais digitais que simplificam o processo de troca, garantindo a satisfação dos clientes.

5 – Melhora do relacionamento e fidelização de clientes

Para fidelizar o cliente, um e-commerce de móveis de fibra sintética SP, por exemplo, pode oferecer um programa de pontos.

Para as lojas físicas, ele pode usar a plataforma para agendar horário de retirada e também atendimento com vendedores, ou, ainda, escolher a data de entrega.

Como trabalhar a marca com um e-commerce

A melhor maneira de se trabalhar um e-commerce é com o marketing digital e algumas estratégias. Um bom exemplo são as redes sociais, principalmente entre os seguidores do perfil da loja.

São pessoas que já conhecem os produtos e serviços, por isso terão mais facilidade em acessar a plataforma para conhecê-la. 

Dessa forma, eles podem indicar o site para outras pessoas, o que aumenta os acessos e compras.

No site da loja é importante deixar em destaque essa novidade, para que os usuários saibam que podem comprar por ali. 

O uso de anúncios pagos no Google e no Facebook também são excelentes estratégias para divulgar a marca por meio do e-commerce.

Conclusão

Vender tanto pelo ponto de venda quanto pela internet é muito vantajoso para o lojista, mas também para o consumidor. 

Enquanto um aumenta seus lucros, o outro pode encontrar tudo o que precisa de maneira rápida, sem precisar sair de casa ou do trabalho.

São facilidades que o consumidor moderno preza muito, e que dentro de alguns anos dominarão o jeito de comprar. Por isso, nada melhor do que se adiantar e mergulhar no mercado eletrônico.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.