Melhor domínio para site: entenda como escolher o seu

Melhor domínio para site: entenda como escolher o seu

Algumas pessoas acham que o domínio se resume a ser o endereço do site e não tem importância para além disso. Mas elas estão erradas. Escolher o melhor domínio para site é o primeiro passo para uma estratégia de SEO que o deixe bem posicionado no Google, ter muitos acesso e, consequentemente, vender mais.

Para ter um site profissional é fundamental contar com um domínio que represente o seu negócio e aproveite as oportunidades de potencializar as suas chances de aparecer nas primeiras posições das pesquisas no Google. 

Separamos os pontos fundamentais que devem ser considerados para escolher o melhor domínio para o seu site. Entenda cada um deles para começar a criação do seu site com o pé direito. 

Precisa ser fácil

Não espere que as pessoas decorem um domínio extenso e complexo. Tampouco que elas o anotem ou salvem para quando precisarem. O princípio básico para escolher o melhor domínio para um site é que ela seja fácil de digitar e de lembrar. 

Escolha termos comuns ao seu público alvo, que façam parte do dia a dia das pessoas que você quer como usuários do seu site. Um bom exemplo de domínio com termos simples é o advogadatrabalhistabh.com.br. Observe que todas as palavras envolvidas são simples e diretas, fazendo dele um domínio fácil de memorizar.

Foque em domínios mais curtos

Outro ponto importante é que o domínio seja curto. Domínios extensos são mais difíceis de lembrar e de digitar. Pense no usuário que está tentando digitar o endereço do seu site no celular. Quanto mais caracteres ele precisar digitar, mais complexo será e maior é o risco de que ele digite errado ou até desista de acessar o seu site.

O número máximo de caracteres permitidos para domínios nacionais é de 26. Já para domínios internacionais o máximo é de 63 caracteres. Pode parecer pouca coisa, mas não é. O domínio www.casualinox.com.br, por exemplo, tem 10 caracteres, que é um número bom e faz dele um domínio curto é simples.

Tente encontrar as menores opções possíveis, mas sempre lembrando de priorizar o entendimento. Às vezes, na intenção de reduzir a quantidade de caracteres, as pessoas fazem abreviações que acabam o deixando o domínio confuso e domínios confusos não são memorizados.

Evite caracteres especiais e números

Hifens (-), cedilhas (ç) e números normalmente não são reconhecíveis e fazem com que seja preciso explicar o domínio sempre que for falá-lo para alguém. Vale lembrar que, para digitar esses caracteres, normalmente, é preciso fazer uma junção de duas teclas, no caso de computadores ou, no caso dos celulares, segurar a tela para que apareçam mais opções.

Lembre-se de que se colocar no lugar dos usuários é essencial. Mesmo que para você pareça óbvio e fácil, para muitas pessoas pode não ser. Uma boa estratégia é pedir para que pessoas com menos habilidades de digitação escrevam o domínio que você está pensando em registrar. Assim você vai conseguir perceber se ele está simples ou não.

Inclua uma palavra chave

Muitas pessoas se veem tentadas a usarem a própria marca como domínio, mas nem sempre essa é a melhor estratégia. Isso, porque a marca pode não ser reconhecida a ponto de que as pessoas a pesquisem diretamente. Sendo assim, adotar a marca como domínio é válido para empresas muito famosas, que estão com grande foco na mídia.

Pense bem, se uma pessoa está buscando por uma empresa de limpeza de estofados os termos que ela vai pesquisar no Google são: limpeza de sofás, lavagem de estofados, dentre outros. Dificilmente essa pessoa digitará o nome específico de uma empresa, a não ser que ela já a conheça e aí é que está o poder de ter uma palavra chave no domínio.

Se a sua intenção é atrair novos clientes você vai perceber que incluir uma palavra chave no seu domínio pode potencializar isso. Muitas pessoas que não conhecem a sua empresa vão encontrá-la ao pesquisar por termos que remetam ao seu nicho.

Reforce a sua localidade

Se o seu negócio é local, um ponto chave para construir o melhor domínio para o seu site é incluir algo que remeta à sua localidade. Essa estratégia se assemelha a questão da palavra chave, uma vez que quem procura por um serviço tende a incluir a sua região na pesquisa para encontrar as empresas mais próximas a ela. 

Pense no caso de uma pessoa que quer pedir uma pizza, se ela mora em Belo Horizonte, por exemplo, é provável que ela pesquise por “pizzaria em BH”, “pizza em belo horizonte” ou similares. Com isso, caso o seu domínio tenha “bh” incluso, tem mais chances de aparecer como resultado da busca. 

É importante ficar atento apenas à quantidade de caracteres do domínio. Algumas cidades e regiões não contam com uma abreviação clara como no exemplo anterior. Nesses casos, vale analisar se o impacto no tamanho do domínio será proporcional ao ganho que você terá ao incluir a localidade.

Escolha a extensão adequada

Um detalhe que às vezes passa despercebido por algumas pessoas é a extensão do domínio. A extensão se trata do que vem logo após o domínio, acompanhe o exemplo abaixo. Nele, o “.com.br” é a extensão. 

dominio.com.br

Apesar de que, no Brasil, o tipo de extensão mais comum seja o “.com.br” existem outras opções que podem até serem mais adequadas, dependendo do segmento do site em questão.

Alguns exemplos de extensões alternativas são:

  • .net – para sites relacionados à tecnologia;
  • .org – para sites de organizações não comerciais e sem fins lucrativos;
  • .adv – para sites de advocacia.

Vale lembrar que o “.br” é uma parte da extensão que remete ao país ou região ao qual o site pertence. Assim como em Portugal, por exemplo, é usado o “.pt” e na União Europeia é usado o “.eu”. 

Essa parte da extensão não é obrigatória, mas pode ser útil em muitos casos. Apesar de que, um domínio com extensão apenas (.com) é mais simples de ser digitado, mas também costuma ser um pouco mais caro. 

Proteja o seu domínio

Por fim, mas tão importante quanto as outras questões, é fundamental proteger o seu domínio. Mas o que queremos dizer com isso? Proteger o domínio se trata de garantir que outras pessoas não registrem a ele, ou a variações dele, antes de você.

Para ficar mais claro, acompanhe o exemplo. Suponhamos que uma pessoa tenha decidido que o domínio do site dela será “bateriasparacarro.com.br” e que ela tenha registrado apenas essa versão do domínio. Caso alguém compre o domínio “planetatelecom.com”, as pessoas que não digitarem o “.br” serão direcionadas para este segundo site. 

Para evitar que esse tipo de coisa aconteça o ideal é comprar, além do domínio que você escolheu, as variações mais próximas dele. No caso do exemplo acima, seria ideal comprar também:

Com isso, você tem uma garantia maior de que outras pessoas não se aproveitem da autoridade que você conquistou para o seu domínio, pegando os possíveis clientes que iriam para o seu site.

Agora que você sabe tudo que precisa para escolher o melhor domínio para site, já deu o primeiro dos passos para a criação de um site com potencial de alavancar suas vendas. 

O segundo passo é entrar em contato conosco para conhecer nossas soluções em criação de sites bem posicionados no Google e estratégias de marketing digital.

Redação Cia Web Sites
Redação Cia Web Sites

Especialista em criar e otimizar sites há quase uma década. Eficiência em gerar resultados cada vez melhores, elevar o posicionamento do site e superar as expectativas dos clientes! 😉 Adora estudos, aprendizado, organização, dedicação, criatividade e "gente boa" - pessoas competentes que tornam tudo isso possível!

Comentários