Messenger Marketing: A nova maneira de aumentar as vendas

Messenger marketing é uma nova estratégia que usa de aplicativos de mensagens, como o WhatsApp Business, para atrair leads e promover a experiência dos clientes. Para entender melhor como ela ascendeu ao topo das ferramentas de negócios, é preciso analisar o passado recente.

Anos atrás, o principal instrumento que uma pessoa tinha para efetuar contato com uma empresa era o aparelho telefônico. Na verdade, o consumidor somente tinha duas opções. Realizar a ligação ou ir até o estabelecimento. O interessante é que, para a empresa, a regra era a mesma.

Para conquistar novos leads, a companhia deveria esperar pela visita dos seus consumidores ou torcer para que eles atendessem a chamada. Em dias de sorte, alguns deles ouviriam a oferta até o fim, sem colocar o telefone no gancho.

Aqui, vale abrir um parêntese. Se você é muito novo e desconhece o termo “telefone no gancho”, por favor, clique aqui.

Para o bem de ambas as partes, com o avanço da tecnologia, esse tempo ficou para trás. Isso explica, em parte, porque o messenger marketing cresce tanto. Entretanto, a expansão da Internet, sobretudo das redes sociais, também trouxe desafios.

O que se vive hoje, como bem destacado no documentário O Dilema das Redes, da Netflix, é uma verdadeira guerra pela atenção. A sua, de preferência. Agora, se você é um empreendedor ou gestor de algum negócio, já deve ter noção sobre como é complicado para um prospect  se concentrar apenas em suas soluções.

Esse desafio é de todos que fazem parte do mercado digital. A boa notícia é que com o Messenger marketing a missão será bem mais simples.

AFINAL, O QUE É MESSENGER MARKETING

Para quem ainda é leigo no assunto, o messenger marketing usa de chatbots para favorecer o relacionamento das empresas com leads e clientes. Ele pode ser executado em diferentes aplicativos, como Facebook, Telegram, We Chat e, como já citado, o WhatsApp.

 

O QUE É CHATBOT?

Chatbot é a tecnologia baseada em uma inteligência artificial, e apta para conversar com pessoas por meio de mensagens de texto. Eles entendem o que um ser humano escreveu, e apresentam o melhor resultado para aquela informação.

Em casos mais simples, os chatbots mostram opções de interação pré-determinadas, como botões de “sim” e “não”, por exemplo. Nos projetos mais complexos, uma pessoa pode escrever o que desejar, e o chatbot ainda assim será capaz de oferecer uma resposta convincente. É como se outro ser humano participasse de verdade da conversa.

Os chatbots se tornaram populares principalmente por esse motivo. Eles estão presentes nos apps de mensagens favoritos das pessoas para se conectarem aos seus amigos e familiares. Um ambiente tão convidativo como esse é o que as empresas necessitam para se aproximarem dos seus leads de uma forma leve e que os deixe bem à vontade.

Na atualidade, já existem soluções exclusivas, como chatbot para WhatsApp, entre outros.

COMO SUAS VENDAS PODEM SE BENEFICIAR DO MESSENGER MARKETING?

Um dos motivos para você implementar o messenger marketing em seu negócio serve também como alarme: é provável que seu concorrente já faça uso dessa estratégia. O seu cliente é outro que prefere conversar com um chatbot do que aguardar minutos para, quem sabe, ser atendido por um call center.

Para quem necessita elevar as vendas, o messenger marketing é um parceiro e tanto. Se antes os aplicativos de mensagens serviam apenas para conversas casuais e sem profundidade, no cenário atual eles se mostram essenciais para impulsionar o faturamento das empresas, acima de tudo das pequenas e médias.

Abaixo, você confere em detalhes alguns desses benefícios para o seu negócio.

O messenger marketing gera leads de alto valor

No início do artigo, há uma breve história sobre como eram as relações entre as companhias e os clientes antes da popularização da Internet. Quem efetuava a chamada, tinha a esperança de que a outra pessoa atendesse o telefone. Em especial as empresas, ao buscarem novos clientes. Nos aplicativos de mensagens, verifica-se um fenômeno oposto.

 

aprenda-com-especialista

Você pode confirmar esse fato hoje mesmo. Se qualquer pessoa, o que inclui aquelas que você desconhece, enviar uma mensagem para o seu WhatsApp, duas ações irão acontecer:

– Você irá ler o conteúdo da mensagem;

– Na maioria dos casos, você irá responder.

Pesquisas recentes apontam que as pessoas respondem entre 80 e 90% das mensagens recebidas. É um índice de engajamento muito alto, ainda mais se comparado ao telemarketing ativo.

Isso mostra quanto o messenger marketing é uma poderosa ferramenta para a captura de leads. As pessoas estão muito mais abertas e disponíveis para conhecer novas ofertas por meio de aplicativos de mensagens do que por outros métodos convencionais. Mesmo que o conteúdo seja enviado por um bot, a receptividade da informação será muito maior.

O importante é perceber que, ao atingir novos leads com maior frequência, as chances de converter suas vendas só aumenta.

No messenger marketing seu melhor vendedor é o…chatbot

Todos os anos, na última semana de novembro, realiza-se a Black Friday, um dos principais eventos do varejo online. Dias antes, consumidores de todo o mundo apresentam o mesmo comportamento. Visitam o site, olham o produto que eles desejam muito…e saem sem comprar. Isso se repete inúmeras vezes.

No Brasil, quando isso ocorre, as pessoas dizem que o cliente está “namorando” a oferta. Por infelicidade, muitas vezes o “namoro” jamais vira “casamento”. Para aproveitar todas as oportunidades de vender, o melhor a fazer é usar um chatbot.

Se o consumidor faz o login em um site de e-commerce, e deixa a página sem levar nada, o chatbot pode de imediato mandar uma mensagem, e informá-lo sobre um desconto especial que talvez tenha passado despercebido por ele. Caso a empresa mandasse um e-mail, a probabilidade de ele ser impactado pela comunicação seria bem baixa.

Essa diferença na performance faz do chatbot o seu maior aliado para seduzir potenciais clientes.

Se o cliente comprar, e não levar, o messenger marketing pode ajudar você

É concebível o cliente efetivar a compra e deixar o produto para trás? No e-commerce, isso acontece todos os dias. A jornada dele é sempre a mesma. Primeiro, o cliente encontra o item que procurava. Em seguida, ele adiciona o artigo no “carrinho de compras. Por último, você já deve imaginar. Ele fecha o site, e sai sem levar nada.

Na verdade, em torno de 70% das pessoas têm esse comportamento. Os índices, por sinal, só aumentam com o tempo. Por isso, programar chatbots para transmitir mensagens automáticas com o link do produto, logo após o cliente desistir da compra, é imprescindível para recuperar essa venda.

Às vezes, o cliente apenas esqueceu o número do cartão de crédito ou precisou se ausentar naquele instante. Com o messenger marketing, as empresas têm a oportunidade de reverter essa situação.

Quem compra um, com o messenger marketing compra dois

Você deve ter algum e-commerce favorito. Seja de roupa, seja de produtos eletrônicos. Desta forma, é normal repetir a compra de certas marcas. Isso acontece com todos.

Baseado nessas informações, um bot consegue, por exemplo, enviar para o cliente uma mensagem que informa o preço exclusivo de um produto que ele talvez goste, baseado no histórico de compra.

Se ele ficou satisfeito com a primeira compra, é bem plausível que ele retorne e aproveite a oferta.

Messenger marketing também é marketing boca a boca

O messenger marketing abre novas possibilidades para você apresentar seus produtos e serviços por meio de chatbots. Agora, é possível ir além. Mostrar seus itens acompanhados de comentários positivos, de outras pessoas, pode funcionar como uma ótima propaganda.

Ao conferir o que elas gostaram na oferta, seus clientes ficam mais interessados. Assim, aumentam as chances de eles realizarem a compra.



Toni Campos

Toni Campos

Co-Fundador da Cia Web Sites, trabalha com otimização de sites desde 2009. Apaixonado pelo que faz, dedicado e extremamente preocupado com a satisfação dos clientes. Louco por futebol (assiste até jogos da Série D), relaxa nos fins de semana tomando uma cervejinha, porque ninguém é de ferro.

Comentários