Criação de sites
Sites profissionais e inteligentes

Como fazer marketing digital no setor automotivo

Como fazer marketing digital no setor automotivo

Concessionárias, fabricantes e outras empresas envolvidas com carros precisam dominar como fazer marketing digital no setor automotivo para poder alavancar uma recuperação financeira em 2021. Isso porque o ano de 2020 não foi muito bom para o setor automotivo, com uma queda de mais de 26% em relação a 2019. A principal causa dessa queda de desempenho foi, claro, a pandemia do novo coronavírus.

Por um lado, com o início da fase de vacinação com a doença e a taxa de juros Selic baixa, o cenário parece animador. Afinal, com o fim da pandemia e o crédito barato, provavelmente veremos um aumento na procura de carros. Por outro lado, o desemprego ainda está alto. Por isso, será importante ter uma boa estratégia de marketing para direcionar a demanda local para a sua empresa.

Quer saber como fazer marketing digital no setor automotivo para alcançar esses resultados? Então siga a leitura abaixo!

Como fazer marketing digital no setor automotivo em 4 passos

1. Fortaleça seu posicionamento no Google

Hoje em dia, o comportamento do consumidor (especialmente no mercado automotivo) mudou bastante. A primeira ação que alguém que quer comprar alguma coisa para o carro (ou um automóvel em si), como baterias automotivas, o que se faz é abrir o Google para uma pesquisa simples.

Portanto, é essencial que a empresa automotiva tenha um posicionamento forte no Google, de modo a poder aparecer com destaque para esse consumidor e receber sua visita, ganhando uma chance de poder colocar o seu marketing em ação. De certa forma, estar bem no Google é a primeira triagem para conseguir estabelecer uma estratégia de marketing, já que quem não aparece nas primeiras páginas, não recebe visitas para poder trabalhar com o marketing.

É claro que existem outras plataformas para se destacar (você pode, por exemplo, anunciar seus produtos no Mercado Livre, tentar vender carros usados em Karvi e por aí vai), mas a principal fonte de tráfego para sua estratégia de marketing automotivo é o Google.

2. Esteja no Google Maps

Cada segmento tem a sua particularidade em relação ao marketing feito. Por exemplo, uma agência de marketing digital não pode fazer publicidade offline, entregando panfleto para as pessoas. Afinal, é aquela história do “em casa de ferreiro, o espeto é de pau”.

Para o segmento automotivo, uma característica importante é que, em teoria, o cliente tem um carro ou está em processo de adquiri-lo. Portanto, é óbvio que faz todo o sentido investir em ações no Google Maps e outros aplicativos de GPS, como o Waze.

Clientes

Desafios

Resultados

Não importa em que setor você está ou quais desafios de marketing você enfrenta. A Cia Web Sites trabalhará com você para criar uma campanha personalizada que gere resultados para sua empresa.

Solicitar uma proposta

Essas ações permitem que a sua empresa seja exibida justamente para quem está dirigindo. Elas são especialmente úteis para negócios como guincho, mecânicos, lojas de produtos automotivos (pneus, com mais destaque) e por aí vai.

3. Produza conteúdo de qualidade para seus leads

O setor automotivo é muito rico em ideias, sugestões e possibilidades de conteúdos para os usuários. Isso significa que existem muitas ferramentas para atrair os consumidores e transformá-los em leads para a sua empresa.

Imagine, por exemplo, que você tem uma loja de pneus. Seria possível fazer vídeos explicando como funcionam os sulcos dos pneus, comparando modelos e explicando como o consumidor deve pensar para escolher o pneu ideal.

Com base nisso, é importante ter uma estratégia completa para criar bons conteúdos que vão atrair os consumidores para o seu site, blog ou rede social. Esse tráfego de pessoas será a base da sua estratégia de marketing. Como trabalhar com essas pessoas dependerá dos seus recursos e objetivos.

4. Invista em remarketing de maneira inteligente

Nem sempre, todo mundo que interage com o nosso conteúdo se transforma em cliente. Às vezes a pessoa entra no site, coloca uma peça da sua loja no carrinho, vê o frete e vai embora. É para essas pessoas que existe o remarketing (também chamado de retargeting).

Basicamente, é possível colocar no seu site, um código capaz de identificar quem entrou na sua página. Então, é possível montar anúncios nas redes sociais para interagir com essa pessoa de maneira customizada.

Por exemplo, sua loja vende pneus de carro? Se alguém entrar para ver pneus da Pirelli do tamanho 195/55 R14 e não comprar, você pode organizar um anúncio estilo carrossel com vários outros pneus do mesmo tamanho e exibir no Facebook ou Instagram. Isso pode estimulá-lo a comprar outros modelos.

Agora que você já sabe como fazer marketing digital no setor automotivo, é hora de começar a colocar essas dicas em prática para poder ter os melhores resultados possíveis no seu negócio. Lembre-se de sempre verificar os resultados obtidos pela sua estratégia, analisando os dados, medindo o ROI (Retorno sobre Investimento) e o CAC (Custo de Aquisição de Cliente) para poder avaliar bem se a sua estratégia está dando resultados reais, se é melhor fazer alterações ou outras mudanças.

E aí, gostou do conteúdo? Então envie-o para sua equipe de marketing para começar a colocá-lo em prática!

Posts Relacionados