Landing pages basicamente são páginas online que tem como objetivo a captura dos dados de seus visitantes por meio de uma oferta. Essa captura de dados ocorre por meio de um formulário, onde o visitante deixa algumas informações para ter acesso a sua oferta. Os dados podem variar, já que dependem do seu objetivo, porém duas informações que não podem faltar são: nome e e-mail.

O que são Landing pages?

Landing pages basicamente são páginas online que tem como objetivo a captura dos dados de seus visitantes por meio de uma oferta. Essa captura de dados ocorre por meio de um formulário, onde o visitante deixa algumas informações para ter acesso a sua oferta. Os dados podem variar, já que dependem do seu objetivo, porém duas informações que não podem faltar são: nome e e-mail.

Uma vez que o visitante converte na landing page, ele se transforma em um lead, e aí começa todo processo de nutrição para que esse lead chegue ao final do processo de compra, e adquira o produto/serviço que sua empresa oferece.

Mas afinal, o que é um lead?

A definição de lead é muito importante para a estratégia de marketing digital. Lead é qualquer potencial consumidor que demonstrou algum tipo de interesse no seu produto/serviço. Vamos imaginar uma loja dentro de um shopping; leads seriam aqueles que pararam para olhar sua vitrine em meio à multidão que nem reparou na sua loja. Na internet, uma vez que o visitante faz qualquer ação, como entrar no seu site e baixar um e-book, assistir um webinar ou até mesmo visitar sua página de contatos, ele automaticamente se transforma em um lead.

E qual é a importância das landing pages?

As landing pages são o ponto de partida para se conseguir leads. Como exemplificamos, os leads são pessoas que pararam para ver sua vitrine, mas só isso não é o suficiente, é necessário fazer com que eles entrem na loja e concluam a compra.

Pense, se você é o dono do seu negócio, qual o seu principal objetivo? Se a resposta é ter bons resultados, uma landing page é essencial para aumentar as chances de sucesso do seu negócio, e a otimização entra para melhorar ainda mais as chances de bons resultados.

Se liga no cálculo! (Taxa de conversão de uma página = Número de conversões da página / Número de visitantes da página)

A taxa de conversão é uma métrica super importante para todo site, e se de um anúncio pago por exemplo, para cada 5 pessoas que clicam, você esteja conseguindo 1 para a conversão, a sua taxa de conversão é de 20%. Agora imagine que com uma página bem otimizada, você pode aumentar esse número de conversões em até 80%!  Lembrando que tudo depende do seu esforço em investir e trabalhar cada vez mais a sua landing page, ok?

Ao aumentar as suas conversões com landing pages otimizadas você pode reduzir o seu gasto com anúncios pagos em até 60% e aumentar as suas vendas em mais de 50%. Demais, né?

O que devo fazer para ter uma boa Landing Page?

Mais uma vez, tudo depende do seu objetivo com a Landing Page e com o seu tipo de público, para te ajudar, separamos algumas dicas para ter uma boa Landing Page:

Mantenha o fluxo de informações: se o visitante entrou na sua landing page, seja por anúncios ou por onde for, certamente é porque ele estava na procura de algo, e se a página não oferecer o que prometia, provavelmente ele irá embora e não voltará mais. Não fique dando voltas, seja claro e objetivo! Simplifique!

Otimize sua Landing Page para Mobile: uma landing page que não pode ser acessada pelo celular ou tablet, é quase ineficiente, já que a quantidade de usuários que entraram pelo celular tende a ser muito maior do que por desktop. 2017 né gente? Acessibilidade é tudo!

Não deixe de fazer os testes: O sucesso de uma landing page vai depender de muitos fatores, incluindo o público e o tipo de oferta que a página terá, por isso mesmo, os testes são fundamentais para verificar o que está funcionando e o que não está, para que assim seja possível mudar o que não estiver trazendo resultados e melhorar a estratégia ideal para a sua landing page.

 

Quer se aprofundar ainda mais nesse assunto?

LEIA NOSSO MATERIAL COMPLETO!



Toni Campos

Toni Campos

Co-Fundador da Cia Web Sites, trabalha com otimização de sites desde 2009. Apaixonado pelo que faz, dedicado e extremamente preocupado com a satisfação dos clientes. Louco por futebol (assiste até jogos da Série D), relaxa nos fins de semana tomando uma cervejinha, porque ninguém é de ferro.

Comentários

O que são Landing pages?

Landing pages basicamente são páginas online que tem como objetivo a captura dos dados de seus visitantes por meio de uma oferta. Essa captura de dados ocorre por meio de um formulário, onde o visitante deixa algumas informações para ter acesso a sua oferta. Os dados podem variar, já que dependem do seu objetivo, porém duas informações que não podem faltar são: nome e e-mail.

Uma vez que o visitante converte na landing page, ele se transforma em um lead, e aí começa todo processo de nutrição para que esse lead chegue ao final do processo de compra, e adquira o produto/serviço que sua empresa oferece.

Mas afinal, o que é um lead?

A definição de lead é muito importante para a estratégia de marketing digital. Lead é qualquer potencial consumidor que demonstrou algum tipo de interesse no seu produto/serviço. Vamos imaginar uma loja dentro de um shopping; leads seriam aqueles que pararam para olhar sua vitrine em meio à multidão que nem reparou na sua loja. Na internet, uma vez que o visitante faz qualquer ação, como entrar no seu site e baixar um e-book, assistir um webinar ou até mesmo visitar sua página de contatos, ele automaticamente se transforma em um lead.

E qual é a importância das landing pages?

As landing pages são o ponto de partida para se conseguir leads. Como exemplificamos, os leads são pessoas que pararam para ver sua vitrine, mas só isso não é o suficiente, é necessário fazer com que eles entrem na loja e concluam a compra.

Mas como fazemos isso?

Com um processo de nutrição. Uma vez que capturamos o e-mail, podemos começar uma relação mais próxima com esse lead, utilizando os dados que ele mesmo passou em nosso favor.

Observe a diferença entre esses dois e-mails, um utilizando os dados adquiridos em uma landing page, e o outro não.

  • E-mail 01 – sem os dados da landing page

“Caro cliente, boa tarde!

Como todo brasileiro, nós também adoramos futebol. Por isso, neste mês de março preparamos uma super promoção para camisas de time de futebol. Tudo com 30% de desconto! Aproveite essa oportunidade!

Obrigado!”

  • E-mail 02 – utilizando os dados de uma landing page

“Olá João*, tudo bem?

Domingo o Cruzeiro* entra em campo novamente, em mais um desafio para se aproximar da conquista do campeonato. Pensando nisso, preparamos uma super promoção especialmente para os torcedores do Galo*. Todas as camisas do Cruzeiro* estão com 30% de desconto, entre no site e confira! Não perca essa oportunidade!

Esperamos vocês,
Obrigado”

Percebeu a diferença? Quando usamos os dados de uma landing page, o e-mail fica muito mais pessoal e o lead se sente especial. Afinal, ninguém gosta de receber e-mails de robôs, né? Ao citar o nome e o time do coração do cliente, ele já sente uma aproximação com a empresa. A segmentação é um dos segredos do marketing digital.

Então, para resumir, as landing pages são importantes para conseguir a captura de dados de visitantes. Feito isso, o objetivo é transformar os visitantes em leads, segmentando as informações para a estratégia que será montada sobre ele. É o início de todo o caminho que tem como linha de chegada, vender seu peixe.

Ofertas

Nós sabemos que cada consumidor tem seu momento certo para a compra. E raro um visitante entrar no seu site e concluir o processo de compra na primeira vez que ele entra o acessa. As ofertas oferecidas pelas landing pages são conteúdos originais e valiosos criados pela própria empresa, e não necessariamente tem a ver com seu produto, mas sim com seu negócio em geral e o mercado que você atua.

Quais as ofertas que podem ser disponibilizadas para chamar atenção de um visitante e transformá-lo em lead? Bom, para responder isso, primeiramente você precisa conhecer o seu público e saber qual é o tipo de conteúdo mais interessante para ele ver. As ofertas geralmente são um e-book, um webinar ou até mesmo uma solicitação para teste do produto. O segredo é manter um acompanhamento constante das ofertas, para verificar quais estão trazendo resultados mais certo, para assim, poder adaptar seu conteúdo utilizando esses dados.

Estrutura da landing page

A estrutura de uma landing page é extremamente simples, pois é uma página que não possui nada além da oferta de conteúdo, uma descrição breve e um formulário. Sem botões, sem links externos, basicamente, sem nada. O objetivo é unicamente converter o visitante, não deixando nenhuma opção para que ele se distraia ou saia da página. Vamos observar um exemplo criado para esse post:

Os pontos de destaque nessa landing page são:

  • Sem links externos e outros botões

A única função da landing page é a captura dos dados do visitante, ou seja, não faz sentido colocarmos outras opções para ele sair página. O foco tem que ser total e absoluto na conversão, deixando bem claro o objetivo da landing page.

  • Imagem do conteúdo em destaque

Ter uma imagem que chama a atenção é importante para prender o visitante é incentivar na conversão. Crie um mockup da sua oferta, desperte o interesse e transforme o visitante em lead.

  • Texto breve explicando a oferta de valor

Como a imagem, uma descrição da oferta é essencial para despertar o interesse do visitante. Deixar claro a oferta de valor, pois se o visitante entra esperando uma coisa e se depara com outra, ele vai sair da página, não vai efetuar a conversão e provavelmente não voltará ao seu site.

  • Formulário fácil e simples

O formulário é uma das partes mais importantes da landing page. Pense muito bem nas perguntas que vai inserir no formulário e defina quais irão te ajudar a segmentar sua campanha a fim de obter os melhores resultados.

  • Botão de compartilhamento nas redes sociais

Todo conteúdo que você criar, você deve promover. Conteúdos, por melhores que sejam, não são divulgados sozinhos. A divulgação bem estruturada requer muito trabalho e esforço. Esse assunto será melhor explicado ao longo do texto.

  • Página limpa, sem poluição visual

O objetivo da landing page é somente a conversão. Então deixe a página limpa, não distraia o visitante e nem canse ele com muito texto ou imagens. Seja direto! Lembre-se, nas landing pages, menos é mais!

Formulário

O formulário é a parte central da landing page. É nela que você deve focar toda sua estratégia, afinal responder as perguntas certas já é meio caminho andado para o sucesso. Para você, é interessante saber o cargo que o visitante ocupa? Ou para o seu serviço, é mais interessante saber a cidade? Faça um brainstorm com sua equipe de marketing, defina os campos a explorar e faça sempre os testes.

Um exemplo: se você tem uma empresa que vende serviços contábeis, é interessante você perguntar no formulário de sua landing page o cargo que o visitante ocupa. O motivo é simples, imagine que nesse campo, a pessoa responda “Diretor”. Esse é um lead em potencial do seu serviço, e você poderá traçar uma estratégia de nutrição para finalizar uma venda. Agora, imagine que seja apenas um estudante de economia, querendo informações para se qualificar melhor sobre um assunto, esse não é um cliente em potencial e trabalhar nele seria esforço desperdiçado. Percebe a importância de decidir muito bem os campos que seu formulário?

Thank you page

Como já aprendemos, a função da landing page é a conversão. Porém, o que fazer após essa conversão? Não seria bom aproveitar que o visitante virou lead, e trabalhar mais enquanto ele está com você? Em resumo, a thank you page, como o próprio nome já diz, é uma página de agradecimento que o visitante será encaminhado após a conversão, ou seja, uma espécie de estágio final. Assim, quando ele acessa a thank you page, ele não é somente um visitante, mas sim um lead, e como lead você pode abordá-lo de maneira diferente.  Veja o exemplo!

Os pontos de destaque da thank you page são:

  • Agradecimento

Um breve agradecimento pelo visitante ter se interessado e convertido na landing page é questão obrigatória na thank you page.

  • Botões de compartilhamento na rede social

Um ponto importante como já falamos, mas não se esqueça de configurar para que o compartilhamento leve para a landing page, para quem acessa-la também passe pelo formulário de conversão.

  • Deixar claro a oferta de valor e como será entregue

Depois do visitante ter convertido, é hora de entregar o que lhe foi prometido, deixe claro a oferta e como fazer para recebe-la, seja um e-book, um webinar ou até mesmo a demonstração do produto.

  • Uma área nova para reconversão

Aqui está a parte mais importante da thank you page. Uma vez que seu visitante já se tornou um lead, é interessante que ele continue navegando no site ou vendo seu conteúdo. A algumas maneiras de se fazer isso, como por exemplo com CTA’s ou abrindo novamente a barra de navegação do seu site. É importante não ficar empurrando muito conteúdo, já que ele acabou de converter, ofereça novas ações de forma natural.

Thank you mail

O thank you mail é um e-mail que o lead vai receber assim que ele fizer a conversão. Um e-mail de teor mais pessoal, com texto corrido sem muitas informações e assinado com um nome de alguém da sua empresa, apenas agradecendo e oferecendo a oferta. Como não é um e-mail marketing, o lead não vai querer dar “unsubscribe” e já vai se acostumando com a ideia de receber e-mails de você e da sua empresa. Veja um exemplo para ilustrar melhor:

“Olá João,

Obrigado pelo interesse em nosso material “Landing Pages”.
Confira o material completo neste link.

Obrigado,
Ricardo Veloso | Cia Websites”

CTA

Call to action é uma chamada para uma ação. Item primordial para você anunciar sua oferta e divulgar sua landing page! Os CTA’s precisam chamar atenção no meio da sua página, pois são eles que irão encaminhar o visitante do seu site para a landing page, e assim, consequentemente, transformá-lo em lead. Um bom CTA tem que ser simples e direto, oferecendo de forma evidente sua oferta. Aqui vemos um exemplo para vocês tirarem dúvidas em relação ao layout:

 

Promoção

E para finalizar, após ter criado o layout, ter feito um brainstorm para decidir as perguntas do formulário e ter criado o CTA, é hora de publicar! Porém, sabemos que em um mundo com sobrecarga de comunicação, muitas vezes sua oferta de valor pode passar despercebida, e com isso, para obter um resultado positivo, é preciso promover sua landing page. Vamos ver algumas opções de como fazer isso:

  • Compartilhar nas redes sociais

Divulgue sua oferta em todas as redes sociais que sua empresa está presente. Se o conteúdo for bom e valioso, as chances dele de ser compartilhado de forma natural por seus seguidores aumentam! No entanto, está cada vez mais difícil ter uma boa visibilidade pelas novas diretrizes de divulgação do Facebook, então aconselhamos a impulsionar por meio de links patrocinados. Redes sociais são excelentes ferramentas para sentir o feedback do seu público em relação a sua oferta.

  • Colocar um CTA no seu site/blog

Se você já tem um site, naturalmente ele deve ter algum fluxo de navegação, por isso é importante colocar o CTA em algumas páginas chaves, as quais o leitor terá mais acesso (por exemplo a home) e no seu blog. Lembre-se de adaptar o CTA ao layout do site em geral, para que ele chame a atenção de forma positiva. O design é fundamental para transmitir confiança e credibilidade ao leitor. Cuide disso!

  • Enviar para sua lista de e-mails

Envie um e-mail para sua lista de clientes atuais anunciando a criação dessa landing page. Como eles são clientes e já te conhecem, haverá uma melhor aceitação do conteúdo, e você pode conseguir respostas novas para uma campanha mais segmentada, ou um compartilhamento do seu material.

Conclusão

Aprendemos que as landing pages são pontos chaves e essenciais para a estratégia de marketing digital da sua empresa. Quanto melhor a divulgação, mais visitantes a landing page irá atrair, e quanto mais valiosa e única for sua oferta, mais leads você irá gerar!

Então não perca tempo, faça seu conteúdo e trabalhe para colher os frutos que o marketing digital pode te oferecer! O sucesso está nas suas mãos!

Não deixe de fazer os testes: O sucesso de uma landing page vai depender de muitos fatores, incluindo o público e o tipo de oferta que a página terá, por isso mesmo, os testes são fundamentais para verificar o que está funcionando e o que não está, para que assim seja possível mudar o que não estiver trazendo resultados e melhorar a estratégia ideal para a sua landing page.



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

O que fazer para o seu site gerar mais leads e vender mais.

Direcionar o tráfego para o seu site é fundamental, mas a conversão de visitantes em leads é por onde você vai ser bem-sucedido. Descobrir quantas pessoas visitam o seu site é importante, mas até que você saiba quem são essas pessoas, você não pode contatá-las individualmente ou trabalhar para convertê-las em clientes.

Ao adicionar alguns recursos simples em seu site, você pode transformá-lo em uma máquina de geração de leads. Confira as quatro maneiras comprovadas pela Cia Web Sites que ajudarão você a gerar leads em seu site:

1. Formulário de Contato

Um formulário de contato é a forma mais básica para coletar informações dos seus visitantes. Quando um visitante preenche um formulário de contato do seu site, ele faz isso porque tem uma pergunta, precisa de informações ou quer que você entre em contato com ele. É aonde ele vai se conectar diretamente com você.

2. Social media

Sites de mídia social como o Facebook, Twitter e LinkedIn podem ajudar a gerar novas oportunidades e são recursos livres. Quando você cria perfis de mídia social para o seu negócio, você pode compartilhar as ofertas e informações exclusivas com os seus seguidores. Quando as pessoas “curtem” a página social de sua empresa, elas tornam-se membros da comunidade online do seu negócio.

3. Chamadas para a ação

Um apelo à ação é uma oferta convincente que solicita uma ação por parte de seus visitantes em troca de algo que eles querem. Quando você cria um plano de ação que é curto, simples e atraente, você motiva os seus visitantes a tomarem a ação desejada.

Exemplos:

  • Ligue agora mesmo para receber um desconto de 30%!
  • Cadastre-se e comece a economizar!
  • Faça uma reserva hoje… A tranquilidade te espera!

 

4. E-mail marketing

O e-mail marketing ajuda a manter os relacionamentos com os clientes existentes e se conectar com potenciais novos clientes. Com uma campanha de e-mail marketing, você pode:

  • Adicionar botões “subscribe” ou “sign up” em seu site
  • Coletar informações de contato do visitante
  • Enviar e-mails ou boletins informativos usando modelos pré-construídos
  • Criar grupos de interesse de contato
  • Acompanhar as taxas de abertura de e-mail

 Se você tem um website ou uma loja virtual, é crucial que você trabalhe a parte de geração de leads, porque é por meio dela que você vai gerar suas vendas e alcançar os seus melhores resultados. A Cia Web Sites cria estratégias para o site da sua empresa que são muito importantes para gerar leads e conseguir cada vez mais clientes. Entre em contato conosco e saiba o que podemos fazer pela sua marca.



Toni Campos

Toni Campos

Co-Fundador da Cia Web Sites, trabalha com otimização de sites desde 2009. Apaixonado pelo que faz, dedicado e extremamente preocupado com a satisfação dos clientes. Louco por futebol (assiste até jogos da Série D), relaxa nos fins de semana tomando uma cervejinha, porque ninguém é de ferro.

Comentários