Técnicas de SEO para sites – Como se destacar da concorrência nos resultados de buscas da internet

Destaque-se nos buscadores através das técnicas de SEO para sites

Em tempos de crescimento acelerado do marketing digital em nível mundial, as técnicas de SEO para sites têm sido utilizadas como importantes aliadas às estratégias de divulgação dos milhares de sites e blogs registrados a cada dia.

De acordo com reportagem do portal Globo.com, só no ano de 2016, foi identificado um crescimento superior a 30% nos negócios online, o que representa mais de 23 milhões de novos clientes. O crescimento de transações comerciais realizadas a partir de dispositivos móveis (celulares e tablets) também é um dado que chama a atenção.

No mês de junho, por exemplo, 23% das compras online foram feitas a partir de um smartphone ou similar. Estes são números que, certamente, farão com que qualquer empresa repense suas estratégias de marketing para se inserir ou se destacar nesta nova modalidade de negócio.

O que é SEO

A sigla SEO tornou-se conhecida dos webmasters a partir de 1997, um ano após o lançamento do Google, que é o site de buscas mais famoso do mundo. O termo SEO define técnicas utilizadas para otimizar sites perante os critérios de busca na internet.

No marketing convencional, a publicidade e a propaganda têm como objetivo divulgar as características do produto ou serviço, quase sempre através de recursos audiovisuais. E é exatamente o sucesso deste tipo de divulgação que faz com que o produto ou serviço anunciado se destaque em relação à concorrência.

Já no marketing digital, a dinâmica é totalmente diferente do convencional. Existem vários outros critérios que podem fazer com que seu site, blog, redes sociais ou e-mail marketing ganhem destaque. E é por esta razão que as técnicas de SEO para sites têm sido cada vez mais utilizadas.

Elas são capazes de trazer à luz alguns parâmetros específicos, além de indicadores e atributos. Estes, ao serem utilizados durante a criação do site, blog, etc. poderão dar mais visibilidade à presença da sua empresa na internet, em relação às demais.

Atributos Importantes das Técnicas de SEO para Sites

Conheça agora um pouco mais sobre alguns destes atributos importantes para o SEO:

Título

Conhecido como title tag, o título é considerado (de longe) o atributo de maior influência para as técnicas de SEO para sites, no que diz respeito ao posicionamento do site no ranking do Google. Isto se deve ao fato de que o algoritmo do buscador tem o propósito de destacar a relevância do tema digitado na caixa de busca com os conteúdos dos sites apresentados nos resultados. Assim, ele consegue oferecer ao usuário uma melhor experiência no processo de busca.

Para se otimizar a title tag, podem ser usados parâmetros importantes como:

  • Não ultrapassar o limite de 65 caracteres;
  • Estabelecer um padrão para os títulos;
  • Utilizar o nome da página em todas as title tags, porém, alterando-a de acordo com seu conteúdo;
  • Usar palavras-chaves que estejam dentro do contexto abordado e que façam sentido;
  • Repetir o título no conteúdo da página.

Link Building

Se o atributo anterior é considerado o mais importante, este é, sem dúvidas, o que exige mais cuidado e critério em sua elaboração. Em contrapartida, é o que traz mais resultados.

Elaborar um link eficiente é quase uma arte. Assim como o título, ele também é um responsável direto pelo posicionamento do site no ranking, destacando a relevância e a popularidade de um site. E, para que um link seja realmente eficiente, é necessário ter cuidado, não apenas com o link propriamente dito, mas também com fatores como a palavra-chave do texto âncora.

A qualidade e a quantidade são outras duas características necessárias para se obter um perfil funcional de link. Conheça mais sobre estes dois itens:

Qualidade dos Links

O nível de qualidade de um link pode ser medido através de vários fatores, sendo que o texto âncora é um dos principais. É ele quem define o assunto principal da página à qual o link se refere. Os melhores links são aqueles naturais, ou que soam de forma mais natural possível. Os mecanismos de busca possuem recursos para identificar os links que atingem métricas altas.

Quantidade de Links

Ter quantidade de links consiste em diversidade de tipos de domínio de links e de domínios que linkam para o site. O importante é combinar a quantidade de links com a diversidade de conteúdos, todos dentro de um mesmo contexto, ou seja, de conteúdos relacionados.

Search Console do Google

Anteriormente conhecido como Webmasters Tools, o Search Console, além de mudar de nome, recebeu vários outros recursos e opções de relatórios, como:

Search Appearance ou Aspecto de Pesquisa

Consiste em um grupo de relatórios que auxilia o usuário a obter marcações mais bem estruturadas a serem exibidas nos resultados das buscas. Além disto, oferece dicas sobre descrições e títulos mal escritos, indicando, com exatidão, a página onde o problema se encontra, para que o usuário possa realizar a correção.

Google Index ou Índice do Google

Dentre os relatórios que este recurso permite gerar, o mais pertinente oferece ao usuário a possibilidade de acompanhar, através de um gráfico, a quantidade de páginas do site que estiveram indexadas no Google no decorrer do tempo de registro.

Security Issues ou Problemas de Segurança

Este relatório tem o objetivo de manter o usuário informado sobre eventuais problemas com malwares ou similares. Além disto, o Google pode avisar o usuário sobre quaisquer tentativas de hacking.

Messages ou Mensagens

Através desta opção, o usuário pode receber várias mensagens. Elas podem ser notificações simples ou, ainda, mensagens de alertas sobre problemas encontrados pelo Google que podem comprometer a presença do site do usuário nos resultados de buscas.

Dashboard ou Painel

Apresenta relatório com informações relevantes do Search Console, além de gráficos que ajudam a analisar os principais erros de rastreamento, mensagens que ainda não foram lidas, sitemaps e Search Analytics, permitindo ao usuário identificar a eventual necessidade de tomada de ações corretivas para garantir a “boa saúde” de seu site.

Search Trafic

Fornece um relatório ao usuário com o número de vezes que o seu site foi exibido nas buscas, identificando o posicionamento médio, as palavras mais relevantes e os backlinks (link building) do site. Isto permite que sejam identificados quais são os “bons” e os “maus” links. Além disto, apresenta as eventuais penalizações que o site possa ter recebido, bem como algumas dicas para melhorar a visualização do site em dispositivos móveis.

Crawl ou Rastreamento

Oferece relatório com ações críticas e apontando os erros encontrados pelo Google durante a tentativa de acessar o site. Isto permite que o usuário possa corrigir tais erros. Ele poderá também fazer testes para verificar a forma como o Google recebe as informações do seu site, bem como enviar sitemaps, testar robots.txt e receber informações sobre o tempo de carregamento do site.

Utilizando estas técnicas de SEO para sites, você terá mais condições de seu site se destacar perante a concorrência.

Outros artigos da Cia Web Sites sobre assuntos relacionados:

Check List de SEO para a Otimização de Sites
Quatro estratégias eficazes de SEO para otimizar o seu blog de negócios
SEO: O que você precisa otimizar em seu site?



Toni Campos

Toni Campos

Co-Fundador da Cia Web Sites, trabalha com otimização de sites desde 2009. Apaixonado pelo que faz, dedicado e extremamente preocupado com a satisfação dos clientes. Louco por futebol (assiste até jogos da Série D), relaxa nos fins de semana tomando uma cervejinha, porque ninguém é de ferro.

Comentários

Google Chrome e a morte do HTTP

Sim, o Google Chrome está ajudando a “matar” o HTTP.

Antes de partirmos para esse assunto vamos, primeiro, saber o que é HTTP e HTTPS e qual a diferença entre eles. Então vamos lá:

HTTP é a sigla para HiperText Transference Protocol (Protocolo de Transferência de Hipertexto) e ele é um protocolo padrão para a web. É usando esse protocolo que o navegador requisita ao servidor as páginas na web, ou seja, é por meio do HTTP que o seu navegador consegue reunir as informações corretas de sites, blogs, portais, etc.

Já o HTTPS é basicamente a mesma coisa, mas ele possui esse S de Secure no final (Protocolo de Transferência de Hipertexto Seguro).  Essa letrinha no final da sigla significa que naquele link foi adicionado uma “camada extra” de segurança conhecida como Certificado SSL (Secure Sockets Layer), que criptografa as informações fornecidas entre usuário e site, aumentando significativamente a segurança na transmissão de dados. É como se os dados fornecidos pelo usuário fossem escritos em um idioma que somente o servidor daquele site conseguisse ler.

As vantagens de se ter o Certificado SSL são imensas, já que tanto o visitante quanto o administrador do site se beneficiam com o ele, que garante a segurança. Para lojas virtuais, então, é essencial! Como o protocolo é criptografado, as informações bancárias, senhas de acesso, informações pessoais, etc. ficarão muito mais seguras e dificultarão as ações de terceiros.

Deu pra entender? Bom, esperamos que sim, porque agora vamos falar sobre o assunto que este texto se destina: a modificação no Chrome que irá “marcar” sites que não apresentam o certificado SSL.

Foi anunciado recentemente que, a partir de janeiro de 2017, o navegador da Google, o Chrome, irá “marcar” como inseguros os sites que não apresentarem o HTTPS como protocolo de seu conteúdo. Segundo a equipe de segurança do Google Chrome, este aviso irá aparecer na barra de endereços do navegador, alertando o usuário que aquele site não possui o certificado de segurança e que seus dados podem estar desprotegidos.

A intenção é “pressionar” os proprietários dos sites para que eles invistam no certificado SSL e comecem a se preocupar um pouco mais com a segurança dos dados de seus usuários (bem como os dados do próprio site), ajudando a manter a web muito mais segura contra a ação de terceiros, que podem “furtar” certas informações de forma maliciosa.

E não é somente a Google que está empenhada em fazer essa “pressão” pela segurança online. A empresa Apple já começa a exigir dos desenvolvedores que as comunicações entre os aplicativos e seus servidores sejam via conexões HTTPS até o final de 2016, fazendo com que os desenvolvedores de apps invistam em segurança para proteger os usuários e a própria empresa.

A Cia WebSites comercializa o Certificado SSL para te ajudar a deixar seu site e seus usuários muito mais seguros (e sem receber a “marca” de site inseguro do Google Chrome). Basta entrar em contato através do telefone (31) 3564-2776 ou enviar um e-mail para contato@ciawebsites.com.br e solicitar um orçamento que a nossa equipe entrará em contato com você para conversar melhor. Liga pra gente e fique muito mais seguro com seu Certificado SSL!



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Google Allo: novo aplicativo de mensagens instantâneas que concorrerá com o WhatsApp

Nesta quarta-feira (18/05/2016) a Google anunciou a criação do ALLO: um novo aplicativo de mensagens instantâneas que promete ser um concorrente direto do WhatsApp. Assim como os outros aplicativos de mensagens, ele vai usar o número de telefone do usuário e contar com funcionalidades como emojis, pesquisa, envio de arquivos, etc. E, para tentar se diferenciar um pouco mais, vai contar com envio de gifs e stickers, personalização de textos (como aumentar ou diminuir o tamanho da fonte), “rabiscar” em cima de uma foto antes de enviar, receber sugestões do Google fotos, se integrar com apps como o Google Maps, Gmail e muitos outros que promete encontrar pessoas para conversar através de suas contas do g-mail e números de telefone.

O aplicativo ainda contará com o Goggle Assistent, uma interface nova da Google que você conversa para pedir informações (parecido com a Siri ou a Kortana) que estará presente no aplicativo como @Google. Então, pelo app, você pode pedir informações sobre o trânsito, ver os filmes que estão em cartaz, verificar o endereço de um estabelecimento ou mesmo fazer uma reserva em um restaurante, entre muitas outras possibilidades como, por exemplo, fazer um jogo de “adivinhe o filme” baseado em sequências de emojis com o Google Assistent.
Gboard 6666

 

E você pensa que acabou? Claro que não. Estamos falando da Google. Como o Google Assistent possui o poder do Google Knowledge Graph, uma das maiores bibliotecas de conhecimento do mundo. Assim o aplicativo vai “aprender” como você conversa e oferecer respostas automáticas nas suas conversas de acordo com seu “padrão de respostas” Ou seja: ele vai aprender como você conversa e faz sugestões de acordo com o que você responderia.

E não é só isso. Você pode colocar o @Google no meio de uma conversa com amigos que todos poderão interagir com ele para marcar o filme de mais tarde, ver quais as opções sou mesmo sugerir restaurantes e estabelecimentos para se encontrarem ou mesmo responder alguma coisa, como “que horas começa o show?” ou “quem interpretou a Noviça Rebelde?”.

Um outro recurso que parece ser muito bacana será o “chat secreto”, parecido com a aba anônima dos navegadores de internet, que vai permitir chats criptografados com acesso proibido a todos, inclusive a Google e nem aparecem nos resumos que costumam aparecer na tela de bloqueio de alguns aparelhos. E também há planos para que se tenha um recurso de mensagens ainda mais secretas, que serão programadas para serem apagadas por completo depois de um tempo.

A empresa já deixou claro que todas as mensagens serão criptografadas e não serão armazenadas em seus servidores, além de contar com um sistema de segurança digital de primeira linha, tudo para garantir maior privacidade e segurança aos usuários.

Segundo informações divulgadas pela empresa o aplicativo será gratuito para IOS e Android e deverá estar pronto para uso e disponível para todos durante o segundo semestre de 2016.

Veja um vídeo demonstrando como será o aplicativo:



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Google e seus easter eggs

O termo easter egg significa “ovo de páscoa”, em inglês, mas também é o nome dado a segredos escondidos em programas, sites ou jogos eletrônicos puramente por diversão. A Disney-Pixar é uma das empresas mais conhecidas que possuem easter eggs em seus filmes, fazendo uma certa conexão entre eles. Diversas pessoas assistem seus filmes super atentos, procurando pelos easter eggs que estão espelhados durante o filme.

Mas você sabia que a Google está cheia de easter eggs?

A Google é uma das maiores empresas de busca e tecnologia que temos hoje. São responsáveis por mais de 83% das buscas feitas na internet, possuem diversos aplicativos em seu nome (além do próprio Google Play nos Androids), marcas registradas, sistemas gps, etc. E, como ela já é famosa por seus doodles comemorativos serem bem divertidos e criativos, é claro que um dos maiores nomes do mundo em tecnologia não ficaria de fora nas brincadeiras propostas mundo afora, não é mesmo?!

São diversos “truques” que os programadores da gigante das buscas inseriram no código. Basta digitar algumas palavras certas que você verá algo acontecer. Desde sugestões de resultados até efeitos na página de busca, a Google recheou sua programação com os mais diversos “truques” para transformar, mesmo que por alguns segundos, a experiência de seus usuários. Veja alguns:

1 – Se você digitar 466453.com no seu navegador e der Enter a página de buscas da Google vai abrir. Isso é porque se você digitar Google em um teclado alfanumérico (como os de um telefone celular) os números correspondentes às letras da palavra Google são 466453.

2 – Se você digitar “do a barrel roll” ou “z or r twice” e der Enter a tela vai girar 360º. As duas frases fazem referência ao jogo Star Fox 64, um clássico do Nintendo 64 em que você controla a raposa Fox pilotando uma nave. No joguinho vc tinha que apertar as teclas z ou r duas vezes para girar e escapar de um inimigo.

3 – Quando você digita “answer to life, the universe and everything” (“resposta para a vida, o universo e tudo mais”), o resultado que aparece é uma calculadora com o resultado “42”. Isso faz referência ao famoso livro “Guia do Mochileiro das Galáxias” do Douglas Adams, em que a resposta para tal indagação seria, simplesmente, 42.

4 – Basta digitar “Google Gravity” e em seguida clicar em “Estou com sorte” na barra de pesquisas do Google e você verá o site cair aos pedaços. Literalmente. Dá até para jogar os pedaços de um lado para o outro.

5 – Se você digitar no Google Maps como ir da China para o Japão ele vai sugerir diversas rotas para você chegar ao litoral e de lá “pegar um jet ski para atravessar o oceano” em direção a outra costa. Mas se você for de Chicago a Londres ele indica que você “nade 5.571 quilômetros” em mar aberto.

6 – Digite a palavra askew (“torto”, em inglês) no Google e aperte Enter. A página de resultados estará levemente inclinada/torta.

Algumas outras pesquisas que são meio… “diferentes” ou inusitadas também geram resultados igualmente inusitados, como, por exemplo, perguntar ao Google “number of horns on a unicorn” (número de chifres de um unicórnio) ou “once in a blue moon” (uma expressão em inglês para “muito raramente”), que informa a frequência com que o fenômeno natural da “lua azul” acontece, vão aparecer resultados “prontos”, como uma calculadora com o resultado “1” para a primeira pergunta e uma equação com o cálculo 1.16699016 × 10-8 hertz para a segunda.



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários