Live no Facebook: Como turbinar a sua fanpage com transmissões ao vivo

Aprenda agora como fazer Live no Facebook

Provavelmente, você já se deparou com uma live no Facebook (transmissão ao vivo) em alguma página que você acompanha. E, provavelmente, já se perguntou como a pessoa fez aquilo, né?! Bom, não é nenhuma mágica ou plataforma exclusiva (não mais! rsrs). Agora, é um recurso que está disponível, basicamente, para todos.

Além de ser uma ferramenta bem interessante, o Facebook tem dado cada vez mais importância para vídeos e, ainda mais, para as lives. Ou seja: usando este tipo de vídeo, a sua página terá muito mais visibilidade, e o edge rank (sistema que mede o grau de interação e de importância dos conteúdos) irá perceber que aquele é um conteúdo relevante e que deve ser entregue ao grande público da rede social.

Como a Live no Facebook pode me ajudar?

O algoritmo do Facebook que define o que vai aparecer ou não nos feeds de notícias dos usuários está mudando constantemente. Portanto, precisamos nos esforçar ainda mais para produzir bons conteúdos e anúncios eficientes, para que este material seja sempre entregue ao seu público.

De uns tempos para cá, esta rede social tem priorizado cada vez mais os conteúdos de interação, como os vídeos e os gifs. Por isto, a live é um recurso perfeito para gerar mais engajamento e dar ênfase à interação com o seu público. Além disto, a live é um conteúdo exclusivo, produzido diretamente no Facebook.

Passo-a-passo de como fazer uma Live no Facebook

Agora, vamos te ensinar o passo-a-passo sobre como fazer live no Facebook. Você pode usar tanto o aplicativo no celular quanto no desktop. Basta ter tempo, uma câmera disponível e, claro, uma boa conexão de internet para não ficar travando nem cair no meio da transmissão.

Passo 1: Abra a sua fanpage no Facebook

Independentemente de qual dispositivo você irá utilizar para fazer uma live (celular ou computador), acesse a sua página no Facebook e encontre, na área de compartilhamento de status, o botão “Iniciar um Vídeo ao Vivo”. No celular, você clica em “Publicar” e depois na opção “Transmitir ao Vivo”.

Live no Facebook - 01

Passo 2: Faça os ajustes na sua transmissão

Depois de clicar na opção, você será direcionado a uma área de “testes”, onde você poderá fazer alguns ajustes na sua transmissão antes de entrar no ar. Você poderá configurar o nome da sua transmissão, verificar a qualidade do som e da imagem, entre outros. Ao finalizar os ajustes, basta clicar no botão “Transmitir ao Vivo” e pronto! Sua live começou.

Live no Facebook - 02

Passo 3: Transmita a sua Live no Facebook

Agora que você já está online e ao vivo, faça a sua live no Facebook. A nossa dica é que você tenha um roteiro de transmissão, ou seja, determine previamente quais caminhos serão seguidos, quais tópicos serão abordados, etc.

Assim, você não ficará perdido e parando sempre pra linkar um assunto ao outro, ou fugindo do seu assunto principal. Mas, nada de seguir um script engessado, ok? Ah, e não se esqueça de que o diferencial deste tipo de vídeo é que você e seu público podem interagir. Então, faça com que tudo pareça o mais natural possível: converse, leia os comentários, interaja com eles, responda às perguntas, agradeça as curtidas, etc.

Live no Facebook - 03

Passo 4: Encerre a sua Live

Quando você finalizar o assunto e estiver satisfeito com a interação, se despeça da sua audiência e clique em “Encerrar Transmissão”. Ao fazer isto, o vídeo será encerrado e você receberá um alerta indicando o tempo de transmissão, bem como os resultados de interação e outros detalhes. Se você fez a transmissão através de um celular, ele te dará a opção de salvar o vídeo no seu aparelho para compartilhá-lo depois.

Live no Facebook - 04

Lembrete: o vídeo ficará disponível na sua timeline mesmo depois de encerrada a transmissão, para que as pessoas possam revê-lo em replay.

Pronto! Sua primeira live foi concluída com sucesso. Agora, é só você avaliar como foi o resultado e o que pode melhorar para a próxima. Mesmo que suas primeiras transmissões ao vivo não deem o resultado que você deseja, é importante não desistir e aprender com cada um dos vídeos, analisando as interações, os assuntos comentados e as pessoas que participaram. Assim, você poderá se preparar mais ainda para as próximas lives e ir atingindo o público certo, com assuntos cada vez mais relevantes e uma interação ainda mais legal.

Como fazer tutoriais e outros vídeos específicos com a Live do Facebook

Você também pode fazer uma live no Facebook um pouco diferente, mostrando a tela do seu computador para ensinar as pessoas a fazerem algo, ou mesmo exibir um material previamente elaborado. Para isto, você terá que fazer a live através de algum servidor de streaming, como o Open Broadcaster Software (OBS), que é gratuito e até bem simples de usar.

Veja os passos abaixo para aprender a fazer esse tipo de transmissão:

Passo 1: Abra sua fanpage no Facebook

Antes de começar a live, acesse sua fanpage no Facebook (tanto no celular quanto no computador) e clique em “Ferramentas de Publicação” no menu superior. Depois, clique em “Biblioteca de Vídeos” no menu lateral esquerdo e, em seguida, clique em “+Ao Vivo” no menu superior da lateral direita.

Live no Facebook - 05

Live no Facebook - 06

Passo 2: Faça o link entre o sistema de streaming e o Facebook

Quando você clicar em “+Ao Vivo”, vai aparecer uma página com alguns códigos e URL’s. Copie o código que vai aparecer na parte “Chave de Stream” e cole no seu sistema de streaming. Mas, atenção: esta chave tem data de validade. Você tem que começar a sua transmissão em até 5 horas depois da prévia inicial e ela é válida por sete dias.

Depois disto, você poderá fazer alguns ajustes no software escolhido, como mudar o título, inserir as palavras-chaves, redigir a descrição, etc. Além disto, vai poder pré-visualizar a sua imagem para conferir se está tudo certinho e com qualidade OK. Mas, o vídeo só vai começar mesmo quando você clicar em “Transmitir ao Vivo” NO FACEBOOK e não no software de streaming.

Live no Facebook - 07

A partir daí, você pode seguir normalmente com sua live no Facebook, conforme explicamos no tópico anterior.

Conclusão

Nossa dica final é: seja consistente no que você vai transmitir através da sua live no Facebook e tenha perseverança. Analise os resultados no final de cada vídeo, reflita, pesquise, aprenda e aperfeiçoe seus conhecimentos para o próximo vídeo. Continue fazendo isto até que você consiga ter mais domínio sobre o assunto e atinja de forma cada vez mais eficiente o seu público.

Preparado para fazer sua primeira live no Facebook? Então vamos lá. Mão na massa!

Fale com a Cia Web Sites

Ainda tem dúvidas sobre a live no Facebook e outros recursos desta incrível rede social? Entre em contato com a gente! Nossa equipe especializada em Facebook terá o maior prazer em atendê-lo:

+55 (31) 3564-2776 | contato@ciawebsites.com.br | Fale com a Cia Web Sites

E aí, curtiu o texto sobre Live no Facebook?

Então, leia também outros artigos relacionados:

Truques e Dicas para Facebook – Perfil e Fan Page
Tamanhos de Capas e Imagens para Facebook
Como Testar a Quantidade de Texto Permitida nos Anúncios do Facebook



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Truques e Dicas para Facebook – Perfil e Fan Page

Se você quer saber truques e dicas para Facebook, veio ao lugar certo!

Não precisa nem falar que o Facebook é a rede social mais usada no mundo, né?! Afinal, são cerca de 1.5 bilhões (BILHÕES!!!) de usuários no planeta, que ficam, em média, pelo menos 50 minutos por dia navegando por ela. Mas, você sabe usar os recursos desta plataforma? Pensando nisto, criamos uma listinha top de dicas para Facebook.

Então, vamos lá com nossas dicas para Facebook e outras coisinhas para o seu perfil pessoal.

Dicas para Facebook – Perfil

Dica 1 – Dá para desconectar sua conta em outros computadores

Entrou no Facebook pelo computador da faculdade, trabalho ou lan house e não sabe se você deslogou da sua conta antes de ir para casa? Ou esqueceu ele aberto no notebook daquele seu amigo da zoeira? Sem estresse! É só você pedir ao Facebook que ele deslogue dos outros aparelhos.

Vá até as suas Configurações de Segurança, clique na seção “Onde você está conectado” e veja os aparelhos em que sua conta ainda está ativa. Clique em “Encerrar atividade” nas que deseja sair remotamente. Assim, sua conta será desconectada automaticamente, mesmo que seja em outro computador, celular ou tablet.

Dicas para Facebook - Desconectar remotamente

Dica 2 – Analise fotos e publicações marcadas

Nem sempre a gente quer ser marcado nas fotos daquela festa de quinta-feira, né?! E para quem já cansou de ser marcado em coisas constrangedoras ou, simplesmente, não está a fim de ser marcado mesmo… o Facebook permite que você analise todas as marcações antes de elas irem a público.

Para ativar a “Análise de Marcações”, basta clicar no canto superior direito (é uma setinha virada para baixo) e selecionar “Configurações”. No menu da esquerda, clique em “Linha do Tempo” e depois em “Marcação”. Lá, você vai encontrar a configuração “Analisar marcações que as pessoas adicionam às suas publicações antes de serem exibidas no Facebook? ”. Então, é só você clicar em “Editar” à direita e selecionar “Ativada”. Assim, você receberá uma notificação quando for preciso revisar uma publicação. Você pode aprovar ou recusar a solicitação de marcação acessando a própria publicação.

Dicas para Facebook - Marcações

Dica 3 – Anime seu perfil com um gif de avatar

Sim, é possível trocar a sua foto de perfil por um gif. Basta acessar o aplicativo do Facebook no seu celular, clicar na sua imagem de perfil (igual você faz para mudar a foto) e, em seguida, selecionar a opção que indica vídeos do perfil. Você pode carregar vídeos curtos como gifs, que ficam rodando em loop. Por enquanto, somente para usuários de iOS, mas já foi informado que, em breve, esse recurso chegará para o Android.

Dica 4 – Salvar para ler depois

Você navegava pela sua timeline e viu uma coisa superinteressante, mas estava sem tempo para ler ou ver com calma? É só salvar no seu arquivo e ler depois. No canto superior direito da publicação vai ter uma setinha para baixo. Clique nela e selecione “Salvar Publicação”. Na mesma hora, ela será enviada para um arquivo e você poderá acessar o conteúdo quando quiser.

No menu lateral esquerdo, em “Explorar”, existe uma aba chamada “Salvos”. Todos os itens que você salvou para ver depois estarão ali e só você poderá acessar ou saber o que salvou.

Dicas para Facebook - Salvar para ler depois

Dica 5 – Perfil memorial para quando você partir

Você já pensou no que vai acontecer com seu perfil caso você não esteja mais no mundo dos vivos? Sabia que dá para transformar o seu perfil do Facebook em um memorial depois que você falecer? Pois é. Dá para você transformar em um memorial ou então deletá-la para sempre. Segundo o Facebook, “as contas transformadas em memorial são um local onde amigos e familiares podem se reunir para compartilhar lembranças, após o falecimento de uma pessoa”.

Basta você adicionar um Contato Herdeiro que vai poder assumir alguns controles da sua conta depois que você já não estiver mais por aqui. E se quiser informar sobre uma conta que precisa ser transformada em memorial, basta enviar um aviso para o Facebook.

Você que tem um perfil, gostou das nossas dicas para Facebook? Agora as dicas são para quem tem uma Fan Page ou quer começar a usar.

Dicas para Facebook – Fan Page

Dica 1 – Criando a Fan Page

O Facebook separa empresas e usuários pessoais para evitar “confusões” (e monetizar suas ações). Então, quando você tem um perfil com nome empresarial, muitas vezes, o Facebook te envia um aviso de que você deve transformá-lo em fan page, ou mesmo, criar um e editar o nome do perfil.

Se você vai criar um fan page, basta você entrar no seu perfil pessoal e clicar na setinha apontada para baixo no canto superior direito. Depois clique em “Criar uma página”. Você será direcionado para a tela de criação, onde definirá o nome e o tipo de negócio que você está criando.

Caso queira transformar seu perfil em uma fan page, clique aqui e siga os passos indicados pela rede social. Leia tudo com atenção, pois, após convertido, não tem como voltar atrás. Assim que terminar a transição, você chegará em uma tela que te dará os parabéns e informará que você tem 14 dias para fazer as edições no seu perfil. Assim, a página também recebe estas edições, como nome, foto de perfil, foto de capa, etc.

Dicas para Facebook - Criar Fan Page

Dica 2 – Definindo seu “Nome de Usuário”

Criar o nome de usuário é uma excelente forma de facilitar a busca pela sua empresa ou marca no Facebook. Além disto, ela poderá ser marcada por outras pessoas ou páginas. Essa função aparece logo abaixo do nome da página, embaixo da foto de perfil. Terá, assim, um “@nomedeusuario”. Clique nele e escreva o nome da sua fan page, nome da marca ou um nome que seja de fácil associação ao nome da sua fan page. Depois de criado o nome, você será conhecido como @seunome. Basta a pessoa digitar isto para que sua fan page seja marcada no post, igual dá para fazer com os amigos.

Dica 3 – Use a regra do 80-20

Ninguém está no Facebook para receber aquele tanto de propagandas, né?! É igual andar no centro da cidade e receber vários e vários panfletos. Ninguém gosta. Então, use a regra do 80-20: é bem simples e vai te ajudar bastante. 80% do que você posta deve ser com conteúdos diversos para o seu público, como e-books, tutoriais, dicas, entre outros. Os outros 20% deverão ser destinados às suas propagandas ou posts sobre a sua empresa, produto ou serviço.

Desta forma, seu usuário não vai se cansar e sua fan page não será mais uma “panfleteira” do centro da cidade. Hahahahaha!

Dica 4 – Produza conteúdo

Acho que essa é uma das dicas mais importantes: PRODUZA CONTEÚDO. Sempre e sempre. Hoje em dia, é preciso oferecer muito mais que um produto ou um serviço de qualidade. Você deve encantar e fidelizar seu cliente, dar algo a mais para ele, criar um laço, um vínculo. E, nada melhor que mostrar que a sua empresa possui conhecimento suficiente para falar daquele assunto com propriedade e compartilhar, gratuitamente, esse conhecimento. Ensine algo às pessoas, mostre como fazer, eduque seu público. E, POR FAVOR, seja original. Ninguém gosta de plágio, né?! E se você precisa de em profissional para gerar seus conteúdos, nós podemos te ajudar.

Dica 5 – Aposte em imagens e vídeos

As pessoas curtem, compartilham e interagem quando a postagem possui uma imagem e muito mais quando é um vídeo. Crie imagens bonitas, com cores atrativas e direcionadas para o seu público. E, sempre que possível, use imagens com pessoas. Pessoas gostam de ver pessoas, isto cria uma identificação. Então, escolha com cuidado e trabalhe bem as imagens para atrair as pessoas e ser uma página relevante para seu público.

Confira dicas para Facebook sobre tamanhos ideais de imagens.

Dica 6 – INVISTA!

Para quem já trabalha com o Facebook, a necessidade de se investir financeiramente já ficou bem clara. O “excelentíssimo senhor” Mark Zuckerberg quer, obviamente, ganhar mais dinheiros (e quem não quer?!). Então, ele tem mudado a forma como o conteúdo aparece para as pessoas, priorizando: publicações de amigos e parentes, em seguida, grupos onde a pessoa interage mais e, só depois, o conteúdo das fan pages.

Isto dificultou bastante a vida de quem trabalha com o Facebook, porque antes o conteúdo postado nas fan pages aparecia para as pessoas que curtiram a página. Agora que ficou mais difícil de aparecer na timeline dos fãs, a gente tem que pagar um pouco para conseguir esta visibilidade. Então, tire o escorpião do bolso e comece a investir nos posts impulsionados!

Comece fazendo alguns testes, veja que tipo de público funciona para o seu negócio, qual você quer atingir e como atingi-lo. Faça vários tipos de público e vá adequando-os de acordo com as respostas e retornos obtidos nas campanhas de teste.

ATENÇÃO: cuidado ao definir o valor da campanha. O valor vitalício é quanto o Facebook vai gastar até o final da campanha e o valor diário é quanto o Facebook vai gastar por dia até terminar o anúncio.

Dica 7 – Dê atenção aos seus fãs

Nada pior que uma página que deixa as pessoas falando sozinhas. Interaja com as pessoas: curta os comentários, SEMPRE responda seu chat, as perguntas dos comentários, comente o que as pessoas falaram, etc. Crie um vínculo com elas. Lembre-se: não existe conversa unilateral. Então, converse com seu público.

Dica 8 – Oculte ao invés de deletar

Alguém fez um comentário sem noção na sua página ou comentou alguma coisa que não tenha muito a ver com o post ou o tema? Não delete. Clique na setinha do lado do comentário e selecione a opção “Ocultar Comentário”. Assim, somente a pessoa que comentou e os amigos dela verão aquele comentário, evitando que você precise excluir e a pessoa se sinta ofendida ou magoada. Mas nada de ocultar reclamações ou dúvidas, hein?! Sempre responda às dúvidas e chame a pessoa para conversar no inbox sobre as reclamações dela. Você pode dizer que sente muito pelo inconveniente e peça que ela entre em contato pelo inbox da página para conversarem melhor à respeito.

Dica 9 – Use pouco texto

Mesmo que o Facebook não use mais a métrica dos 20% de texto, ele ainda penaliza a publicação que utiliza muito texto na imagem. Portanto, o melhor é usar somente a logo ou uma chamada curta, que não ocupe tanto espaço na imagem. Quanto mais texto tiver na imagem, menos pessoas receberão aquela publicação (caso ela seja impulsionada).

Dica 10 – Faça uma programação

O Facebook permite que você programe os posts para datas futuras, deixando que você selecione a data e o horário que elas deverão ir para o ar. Então, faça uma programação prévia de como será a semana, adiante os posts e deixe-os programados. Assim, você irá economizar tempo, otimizar seu trabalho e deixar tudo pronto para ser postado nos próximos dias ou semanas. Mas, atenção: algumas vezes o Facebook “esquece” de postar. Então, é bom sempre ficar de olho na sua lista de publicações agendadas, acompanhar as postagens e ver se a fan page está certinha.

Estas foram algumas dicas para Facebook que selecionamos, para que você possa usar um pouco mais do potencial desta plataforma e conhecer um pouquinho de toda a sua extensão. Fique de olho, pois sempre damos novas dicas e ensinamos muita coisa legal no nosso blog.

E, se precisar de ajuda para administrar a sua fan page ou quer descobrir mais dicas para Facebook, entre em contato com a gente. Será um prazer conversar com você e te ajudar a divulgar seu nome, marca, serviço e produto pela maior rede social do mundo.



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Versão 5.0 de Emojis: agora com fadas, magos, sereias e zumbis

Não importa quantas funcionalidades os aplicativos de mensagens coloquem em suas novas versões. Os emojis tem lugar garantido no coração da galera. Simples, práticos, versáteis, bonitinhos e engraçados, os emojis integram as mensagens de praticamente todos os usuários desse tipo de serviço.

E agora mais uma novidade para os amantes dos emojis: teremos mais uma série de cerca de 69 novos emojis integrando a galeria. O conjunto de emojis passará a ser a versão 5.0 e integrará diversas novas figurinhas, entre elas as fadas, magos, sereias, gênios da lâmpada e até zumbis.

Além desses novos carinhas, a coleção trará novas comidas (como tacos, tortas, sanduíches, brócolis) e novas pessoas e atividades, como um rapaz de barba, uma moça usando hijab (aquela vestimenta tradicional do islamismo), ioga, sauna, facepalm e muito mais.

Segundo informações, esse novo conjunto de emojis será inserido em junho desse ano (2017). Mas atenção: essas imagens são somente prévias criadas pelo pessoal do emojipédia e não são, de fato, as versões finais. Sem contar que cada sistema tem suas variações e cada fabricante de celular ou redes sociais podem implantar suas próprias versões.



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Tamanhos de capas e imagens para Facebook

Descubra os tamanhos ideais de imagem e capa para o Facebook

Você sabia que existem tamanhos específicos para as imagens do Facebook? Pois é, e quem usa esta rede social com certa frequência já deve ter notado que os anos 2015 e 2016 foram de grandes mudanças.

Essas mudanças foram impactantes principalmente para quem gerencia  fan pages, pois houveram alterações no tamanho das imagens, na posição dos boxes e dos botões, na visualização da página na versão mobile, etc.

Mudanças nas Fan Pages

Sem dúvidas, uma das maiores mudanças aconteceu no layout das fan pages, com destaque ao que diz respeito à posição dos elementos.

Quem já estava acostumado a criar certas interações entre imagem e botões da fan page deve ter tomado um susto ao ver essa mudança.

E não é para menos, já que grande parte destas interações não são mais possíveis de serem realizadas.

Um bom exemplo seria a possibilidade de “encaixar” o avatar à capa da página. Isto criava um efeito bem legal, em que a foto do avatar poderia ser parte da capa, formando interações divertidas e agradáveis.

Como atualmente a imagem do avatar já não fica mais sobreposta à capa, já não é mais possível criar esse tipo de interação.

Mas, calma… Nem tudo está perdido! Não é mais possível criar esse efeito, mas agora a capa pode ser usada mais facilmente para outros fins.

Sem a foto de perfil “atrapalhando” o layout da capa, agora ficou mais fácil usar este espaço para fazer ações como:

  • Fazer alguma propaganda;
  • Anunciar uma novidade;
  • Divulgar algum produto ou serviço específico, etc.

Tamanho das imagens

As postagens também mudaram um pouco. Foram alterados certos padrões de visualização para evitar que as informações sejam perdidas ou dificulte a leitura do usuário.

Então, vamos agora comentar um pouco mais sobre estes tamanhos que a rede social do Mark Zuckerberg utiliza.

Imagem de Perfil do Facebook

Sim, a gente as visualiza como 170 x 170 pixels. Mas, como sabemos, o Facebook tem a mania de reduzir a qualidade das imagens.

Por isto, se você subir a foto do seu perfil com o tamanho de 170 x 170, o Facebook poderá reclamar de baixa nitidez. O mais indicado então é colocar a imagem nesta mesma proporção, mas um pouco maior.

Indicamos o tamanho de 320 x 320 pixels, pois, assim, você poderá fazer uma imagem de perfil bem bacana e não corre tanto o risco de sofrer com a baixa qualidade.

Imagem de capa do Facebook

Para a capa do Facebook, você vai precisar ter criatividade e um pouco de cuidado. Ela possui 820 x 312 pixels, mas na transição para o mobile ocorre a sua redução.

Com este corte, podem ser perdidas algumas informações importantes dela. Então, faça uma capa bem criativa nestas dimensões, mas mantenha o essencial somente em 554 x 312 pixels localizados mais para o centro da imagem.

Imagem de capa de eventos

Para os eventos criados na rede, o tamanho ideal é de 920 x 1080 pixels

A taxa de proporção ideal é de 16:9.

Tamanho de post para Mobile

Ele possui o tamanho base de 800 x 800 pixels, mas este não é nenhum padrão recomendado pelo Facebook.

Trata-se de um post quadrado, ou seja, um “curinga”, muito usado por social medias para que a imagem seja visualizada de forma completa tanto no celular quanto no desktop.

Tamanho de post com link

Quando você posta um link no Facebook, a rede social carrega automaticamente as imagens que estão naquela url.

Mas você pode tanto selecionar aquela que você quer usar como também enviar uma nova imagem. O formato recomendado pelo Facebook é 1200 x 628 pixels, ou outro tamanho proporcional a este, como 600 x 315 pixels.

Tamanho de post 

Agora, o Facebook está trabalhando com um novo formato que se ajusta melhor quando é visualizado em um celular. A proporção para este post é de 2:3.

Então, é indicado fazer imagens com 1200 x 630 pixels ou qualquer outro tamanho que não fuja desta proporção, como 600 x 315 pixels, por exemplo, que é o tamanho mínimo.

Este novo tamanho se ajusta melhor à timeline quando o post é visualizado pelo celular.

Dica Extra

Sempre salve as suas imagens em PNG-24. Como falamos antes, o Facebook acaba reduzindo a qualidade das fotos, mas neste formato você não perde quase nada da qualidade original da imagem. 😉

Esse foi o nosso post sobre os tamanhos de capas e imagens para o Facebook. Quer mais dicas sobre inbound marketing, vendas, tecnologia e muito mais? Continue de olho no nosso blog.

A Cia Web Sites é uma agência de marketing digital especializada na criação de sites e na otimização de sites. Entre em contato para saber mais sobre todos os nossos serviços. Até a próxima!



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Os novos botões de reações do Facebook

Pelo visto teremos mais novidades no Facebook. E uma novidade “assustadora”. rsrsrs

Seguindo a mesma linha que fizeram no dia das mães desse ano (incluíram um ícone de Flor chamado “Gratidão”) e na comemoração dos 50 anos de Star Trek (quando trocaram os ícones para relembrar os personagens da série intergaláctica), o Facebook anunciou hoje que as novas reações serão inspiradas no Halloween, mas que só estarão “disponíveis em alguns países”, mas não citou quais serão os locais que receberão esse “presente”.

Os botões de reações já viraram tradicionais e é novidade passada. A extensão do botão Curtir (amei, riso, uau, triste e grrr “irritado”) serão substituídos por um joinha esquelético, um coração comestível feito de doce, uma bruxa rindo, um fantasma, um Frankenstein triste e uma abóbora carrancuda. Como aconteceu nas outras vezes, essas reações estarão disponíveis por tempo limitado (provavelmente somente no dia das bruxas – 31/10).

Veja um vídeo mostrando com elas serão:

Além disso, a rede social informou que também vai incluir máscaras temáticas que poderão ser ativadas durante as transmissões ao vivo, mas somente na versão iOS do aplicativo. Provavelmente eles usarão a tecnologia proveniente do aplicativo MSQRD que o Facebook comprou em março desse ano, fazendo com que as máscaras aplicadas nas transmissões sejam bem parecidas com os efeitos usados pelo aplicativo Snapchat. Infelizmente esse efeito de máscaras de Halloween só estão disponíveis para os EUA, Nova Zelândia e Reino Unido.

facebook-live-halloween

Vamos torcer para que eles disponibilizem para o Brasil também! o/

 

Via: B9



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Facebook: Mudanças nas Fanpages

O Facebook já faz parte das estratégias básicas de comunicação e marketing de toda empresa. E como tal, está em constante mudança, sempre presando a experiência do usuário e as imagens (lembra que a gente falou da mudança dos 20% do texto nas imagens? Pois é. O Facebook gosta mesmo é de imagem limpa, sem texto. Deixem o textão pro descritivo do post). E nem sempre essas mudanças são comunicadas com um certo tempo de antecedência. A gente entra na rede social e ela já está lá, toda mudada, de cara nova, cheia de novidades. E, aos poucos, vamos acostumando às novas interfaces.

Uma das últimas mudanças “radicais” que o Facebook fez no layout foi a mudança, em julho de 2016, na estrutura nas fanpages, que assumiu um layout bem parecido com o que tínhamos no comecinho da rede social (mais ou menos em meados de 2012). As páginas ficaram mais organizadas, com dois menus laterais ao invés de um e foto separada da capa.

Agora a estrutura das fanpages é basicamente assim:

  • Foto de Perfil estão à esquerda do layout, no canto superior;
  • As Guias Dinâmicas também estão à esquerda;
  • A Imagem da Capa está à direita, completando toda a largura do layout e sem nenhum botão ou outro item sobrepondo a capa;
  • A Timeline (Feed de notícias) fica na coluna Central;
  • Os Botões de Ação estão abaixo da capa;
  • Todos os demais itens (busca, Sobre, Aplicativos, Vídeos, etc.) estão agora à direita do layout.

E com essas modificações o tamanho dos itens mudou também. Um pouquinho, mas mudou. Agora a “Capa da Fanpage” está sendo visualizada nas dimensões de 828x315px e a “foto de perfil” (que agora está do lado esquerdo e separada da capa) apresenta-se com dimensões de 160x160px (devendo ser enviado com 180x180px). No celular as medidas não mudam, mas a organização sim. A capa fica na parte de cima e a “foto de perfil”, junto com o nome e “@” da página, ficam logo abaixo da capa (totalizando um espaço útil de 828x475px).

tela-fanpage-facebook-cia

Agora é só pensar em uma arte bacana, caprichar no conteúdo e deixar sua fanpage bem alinhada aos novos padrões de visualização do Facebook.

(Via: Dicas do Greb)



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Facebook muda a regra dos 20% de texto em imagens

Quem já utilizou os anúncios pagos do Facebook sabe bem como é ter um anúncio reprovado por causa da “regra dos 20%”. Para quem não conhece é o seguinte: o Facebook permite que você impulsione sua publicação de forma paga, mas a imagem usada no post (que deve ter mais ou menos 1200x628px) deve ter no máximo 20% do seu espaço preenchido por texto. Para ajudar, o Facebook lançou o Text Overlay, uma ferramenta online que te ajuda a testar a quantidade de texto que tem na sua imagem e verificar se seu anúncio está ou não dentro dos padrões solicitados pela rede social. Porém, mesmo depois de passar por esse grid, o Facebook ainda poderia barrar seu anúncio quando você o enviasse para a análise antes de postar (para quem não conhece essa ferramenta, o Facebook analisa todos os posts patrocinados antes de aprovar a veiculação do mesmo).

Só que agora não tem mais essa regra. Bom… mais ou menos.

De acordo com Afsheen Ali, o Product Marketing Manager do Facebook, foram feitas algumas pesquisas que mostraram que as pessoas preferem anúncios com menos texto. Mas ainda segundo Ali, a regra que proibia anúncios com mais de 20% de texto era confusa, já que não ficava claro que um anúncio não estava de acordo com a política do Facebook até que ele tivesse sido submetido para análise. Então resolveram rever essa regra e tentar arrumar um jeito de deixá-la mais clara e simples.

ENTÃO, QUAL É A NOVA REGRA DE TEXTO EM IMAGENS DE ANÚNCIOS NO FACEBOOK?

A regra dos 20% de texto mudou bastante, mas mesmo assim o Facebook ainda preza pela menor quantidade possível de texto em uma imagem. Só que agora ele vai classificar seu anúncio em 4 categorias: OK, Baixo, Médio e Alto. Então, mesmo que seu anúncio não seja reprovado por causa da quantidade de texto, ele pode sofrer uma penalização no número de pessoas alcançadas (apesar de continuar sendo impulsionado). Ou seja: o Facebook vai aprovar seu anúncio, mas vai divulgá-lo para um público de acordo com a categoria ao qual seu anúncio foi classificado.

Vamos conhecer um pouco mais essas categorias:

Quantidade de texto OK

Seu anúncio não terá nenhuma restrição e será divulgado para a maior quantidade possível dentro das delimitações definidas pro anúncio.

Facebook-OK

Quantidade de Texto Baixo

Seu anúncio terá uma restrição leve e provavelmente não será exibido para todo o potencial disponível dentro das delimitações definidas pro anúncio.

Facebook-Baixo

Quantidade de Texto Médio

Se seu anúncio estiver nessa categoria ele sofrerá uma penalização razoável e alcançará bem menos pessoas que poderia atingir dentro das delimitações definidas pro anúncio.

Facebook-Medio

Quantidade de Texto Alto

Nessa categoria seu anúncio ficará “de lado” nas prioridades do Facebook. Infelizmente seu anúncio será exibido para uma quantidade mínima de pessoas e provavelmente terá quase nenhuma audiência.

Facebook-Alto

Basicamente será assim: quanto menos texto tiver na imagem, melhor o Facebook divulgará ele na rede social e mais pessoas serão impactadas pelo anúncio.

O Text Overlay já foi atualizado e agora ele já mede a quantidade de texto e te dá uma prévia de qual classificação você receberia após a análise do Facebook (lembra que nós falamos que o Facebook analisa cada postagem antes da veiculação?).

RegraFacebook

Então continue de olho na quantidade de texto que você colocar na imagem do seu anúncio. Mesmo que o Facebook não bloqueie mais o anúncio por causa da regra dos 20%, ele ainda está prezando imagens com pouco ou nenhum texto e para manter seu padrão ele vai continuar priorizando os anúncios que estão de acordo com ele. Mudou a regra dos 20%, mas ainda temos essa limitação.

Vale lembrar que estas regras também estão valendo para o Instagram.



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

FACEBOOK: Fotos 360º no feed de notícias

O Facebook anunciou nesta quarta-feira (11/05/16) que vai começar a suportar fotos em 360 graus no feed de notícias. Esse recurso vai funcionar basicamente como os vídeos de 360 graus (esse recurso está disponível desde setembro de 2015 na rede social): basta clicar com o mouse e arrastar (ou deslizar o dedo pela tela) ou então mover o smartphone para visualizar a cena completamente.

Ainda não teve o anúncio com a data certa para esse lançamento, mas os assessores da rede social disseram que provavelmente nas próximas semanas o recurso já estará instalado e pronto para uso, tanto para computadores quanto para celulares e que as fotos serão compatíveis, também, com o Oculus Rift e o Gear VR.

Há 3 anos a Google tentou popularizar esse formato de imagem (360º), mas as fotos eram muito complicadas de serem compartilhadas por causa da falta de plataformas que suportassem esse tipo de imagem., então esse recurso acabou não se popularizando tanto quanto a empresa gostaria.

Como o Facebook tem priorizado adaptar seus códigos para aumentar as possibilidades de novas inserções em realidade virtual quem sabe esse formato de imagem não fique mais popular?

Vamos aguardar para podermos testar essa funcionalidade.



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Facebook Safety Check

Você sabia que o Facebook possui uma ferramenta para informar as pessoas se você está em uma área atingida por um desastre significativo (natural ou não)? Pois é. Essa ferramenta existe desde 2014 e é usada sempre que alguma área é atingida por uma situação alarmante ou considerada “desastrosa”.

O “Facebook Safety Check” (originalmente era “Disaster Message Board”, mas o nome foi alterado antes do lançamento para deixar a ferramenta com um aspecto mais leve) é uma ferramenta criada pelo próprio Facebook para ajudar a dar notícias aos familiares e amigos das pessoas que estão nas regiões atingidas ou em locais próximos, facilitando o envio de informações sobre a situação da pessoa, ajudando a tranquilizar seus parentes e amigos.

A ferramenta foi criada após o tsunami no Japão que, em 2011, afetou mais de 12,5 milhões de pessoas afetadas e fez mais de 400 mil pessoas deixarem suas casas. Após isso os engenheiros do Facebook criaram um painel de mensagens para teste e evoluíram a plataforma até chegar ao projeto em vigor.

Para saber se você está em uma área afetada por um desastre, o Facebook faz uso de vários meios. O principal deles é a localização em GPS informada pelo app do serviço. Outro é a identificação da cidade na qual você acessou a rede social pela última vez. Caso tenha algum erro na sua localização, basta informar que você não está em uma área atingida pelo desastre em questão.

Ele funciona da seguinte forma: se você estiver uma área que foi atingida por uma situação considerada “desastrosa”, como ataque terrorista, um desastre natural ou um acidente de grandes proporções, etc., o Facebook perguntará ao seu perfil se você está bem. Após obter a resposta o Facebook informará aos seus amigos e parentes conectados ao seu perfil. Se você tiver amigos que estão na mesma região você também poderá informar se eles estão a salvo. Assim os amigos e parentes deles também receberão notícias.

Como fica difícil de obter informações das pessoas durante uma “situação desastrosa” o uso dessa ferramenta facilita (e muito) a ter pelo menos uma informação básica sobre a pessoa: “Ela está bem!” Só essa mensagem já consegue acalmar os amigos e familiares de alguém que esteja na região atingida ou próxima a ela.

Ele foi introduzido em 15 de outubro de 2014 e a sua primeira grande implementação aconteceu no dia 25 de abril de 2015 durante o terremoto que atingiu o Nepal. Após isso foi amplamente utilizado em maio quando o Nepal foi atingido por outro grande terremoto, em outubro durante a passagem do Furacão Patrícia pela região do Pacífico e durante os ataques em Paris (primeira vez a ser usado para um desastre não-natural). E pela primeira vez o recurso está ativo no Brasil por causa dos grandes deslizamentos e inundações que estão ocorrendo em São Paulo (de acordo com o G1, ele foi liberado na tarde deste sexta-feira (11/03/16), para noves cidades do interior e da região metropolitana de São Paulo).

As redes sociais estão se tornando cada vez mais um poderoso meio de comunicação e interação social, passando da esfera de pura distração e bate-papo para o nível de contato social e meio de comunicação e divulgação em massa.



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

As Redes Socias e a nova maneira de consumir

Você já ouviu o termo Cross Device? Segundo pesquisa da Connected Shoppers, promovida pelo Facebook, as pessoas começam a busca por um produto em um dispositivo e a finalizam em outro, isso acontece com 75% das compras online. Essa ação é chamada de Cross Device.

Ainda segundo a Connected Shoppers, 40% das pessoas utilizam o smartphone para obter informações dos produtos ou da empresa dentro da própria loja. Se isso acontecer com a sua marca o que será que os consumidores encontrão?

Dessa forma, a mensuração dos resultados das empresas precisa mudar. O last click não é mais o dono da venda, é preciso analisar todo o caminho que a marca trilha.

Nesse novo cenário as Redes Sociais possuem papel fundamental, sua marca precisa estar presente na internet e especialmente nessas plataformas de comunicação,  para ter um relacionamento com o cliente, ser lembrada e reconhecida.

De acordo com a consultoria Global Mobile Application Market, 83% dos aplicativos estão na categoria de comunicação. São mais de 3 milhões de aplicativos diferentes e 75% dos usuários utilizam em média quatro por dia e todos relacionados a comunicação.

Essas plataformas são poderosas para aproximar pessoas e marcas mas é necessário utilizar dos recursos certos de conteúdo, design e segmentação para que a atenção seja direcionada ao público certo.

Hoje em dia 45% das pequenas empresas estão estreitando o relacionamento com seus clientes no Facebook, e você vai ficar de fora?

A Cia Web Sites é uma agência com diversas soluções para levar o seu nome ao mundo da internet.

Oferecemos soluções em Criação de Sites, Criação de Lojas Virtuais, Design Responsivo, Criação de Conteúdo, Otimização de Sites (SEO), Criação de Hot Sites e Facebook Ads.
Entre em contato e solicite a presença da nossa equipe comercial e conheça de perto nossos serviços.



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários