Versão 5.0 de Emojis: agora com fadas, magos, sereias e zumbis

Não importa quantas funcionalidades os aplicativos de mensagens coloquem em suas novas versões. Os emojis tem lugar garantido no coração da galera. Simples, práticos, versáteis, bonitinhos e engraçados, os emojis integram as mensagens de praticamente todos os usuários desse tipo de serviço.

E agora mais uma novidade para os amantes dos emojis: teremos mais uma série de cerca de 69 novos emojis integrando a galeria. O conjunto de emojis passará a ser a versão 5.0 e integrará diversas novas figurinhas, entre elas as fadas, magos, sereias, gênios da lâmpada e até zumbis.

Além desses novos carinhas, a coleção trará novas comidas (como tacos, tortas, sanduíches, brócolis) e novas pessoas e atividades, como um rapaz de barba, uma moça usando hijab (aquela vestimenta tradicional do islamismo), ioga, sauna, facepalm e muito mais.

Segundo informações, esse novo conjunto de emojis será inserido em junho desse ano (2017). Mas atenção: essas imagens são somente prévias criadas pelo pessoal do emojipédia e não são, de fato, as versões finais. Sem contar que cada sistema tem suas variações e cada fabricante de celular ou redes sociais podem implantar suas próprias versões.



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Live no Instagram: novidade já está disponível

É isso mesmo. Agora você já pode fazer transmissões ao vivo pelo Instagram!

Eles anunciaram essa modificação em novembro de 2016 e, finalmente, implementaram. O recurso do “live” não é bem uma novidade, já que o Twitter e o Facebook já fazem isso, mas é uma grande modificação no aplicativo. E, mesmo não sendo uma coisa “nova”, é um diferencial e tanto pra plataforma.

O Instagram vem sempre aumentando seus recursos. Incluiu o “Instagram Stories” que permitia posts com 24h de duração (bem no estilo do já conhecido Snapchat) e também incluiu o App Boomerang, que faz fotos estilo “gif”, com alguns movimentos repetidos em uma espécie de minilooping.

Para acessar a nova função, chamada apenas de “Ao Vivo”, é só você abrir o Instagram Stories e depois escolher o modo “Ao Vivo” (é mesmo? Que original) na barra de opções (se você não sabe onde está, ela fica abaixo do botão de gravar). Depois é só fazer sua transmissão ao vivo para seus seguidores. Mas atenção: esse vídeo não ficará salvo e as pessoas só poderão ver se estiverem acompanhando o seu momento ao vivo.

Além disso, agora terá o Top Live dentro da aba “Explorar”, que vai mostrar as transmissões mais populares naquele momento. Assim você poderá acompanhar as histórias mais populares, sem perder nada. Quem sabe uma das suas transmissões também não aparece no Top Live e você fica recheado de seguidores?

Essa nova forma de interação do instagram já está disponível no Brasil. Ela foi implementada na terça-feira (17/01/17) e quem estreou a novidade foi a dona do Brasil cantora Ivete Sangalo e o surfista profissional Gabriel Medina. Então acesse seu aplicativo e veja se ele já foi atualizado automaticamente ou se você precisará fazer manualmente. Basta acessar o Google Play (no Android) ou App Store (no iPhone) e ver se há o botão “Atualizar” na página no Instagram.



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Google Allo: novo aplicativo de mensagens instantâneas que concorrerá com o WhatsApp

Nesta quarta-feira (18/05/2016) a Google anunciou a criação do ALLO: um novo aplicativo de mensagens instantâneas que promete ser um concorrente direto do WhatsApp. Assim como os outros aplicativos de mensagens, ele vai usar o número de telefone do usuário e contar com funcionalidades como emojis, pesquisa, envio de arquivos, etc. E, para tentar se diferenciar um pouco mais, vai contar com envio de gifs e stickers, personalização de textos (como aumentar ou diminuir o tamanho da fonte), “rabiscar” em cima de uma foto antes de enviar, receber sugestões do Google fotos, se integrar com apps como o Google Maps, Gmail e muitos outros que promete encontrar pessoas para conversar através de suas contas do g-mail e números de telefone.

O aplicativo ainda contará com o Goggle Assistent, uma interface nova da Google que você conversa para pedir informações (parecido com a Siri ou a Kortana) que estará presente no aplicativo como @Google. Então, pelo app, você pode pedir informações sobre o trânsito, ver os filmes que estão em cartaz, verificar o endereço de um estabelecimento ou mesmo fazer uma reserva em um restaurante, entre muitas outras possibilidades como, por exemplo, fazer um jogo de “adivinhe o filme” baseado em sequências de emojis com o Google Assistent.
Gboard 6666

 

E você pensa que acabou? Claro que não. Estamos falando da Google. Como o Google Assistent possui o poder do Google Knowledge Graph, uma das maiores bibliotecas de conhecimento do mundo. Assim o aplicativo vai “aprender” como você conversa e oferecer respostas automáticas nas suas conversas de acordo com seu “padrão de respostas” Ou seja: ele vai aprender como você conversa e faz sugestões de acordo com o que você responderia.

E não é só isso. Você pode colocar o @Google no meio de uma conversa com amigos que todos poderão interagir com ele para marcar o filme de mais tarde, ver quais as opções sou mesmo sugerir restaurantes e estabelecimentos para se encontrarem ou mesmo responder alguma coisa, como “que horas começa o show?” ou “quem interpretou a Noviça Rebelde?”.

Um outro recurso que parece ser muito bacana será o “chat secreto”, parecido com a aba anônima dos navegadores de internet, que vai permitir chats criptografados com acesso proibido a todos, inclusive a Google e nem aparecem nos resumos que costumam aparecer na tela de bloqueio de alguns aparelhos. E também há planos para que se tenha um recurso de mensagens ainda mais secretas, que serão programadas para serem apagadas por completo depois de um tempo.

A empresa já deixou claro que todas as mensagens serão criptografadas e não serão armazenadas em seus servidores, além de contar com um sistema de segurança digital de primeira linha, tudo para garantir maior privacidade e segurança aos usuários.

Segundo informações divulgadas pela empresa o aplicativo será gratuito para IOS e Android e deverá estar pronto para uso e disponível para todos durante o segundo semestre de 2016.

Veja um vídeo demonstrando como será o aplicativo:



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Google Sky Map: um mapa das estrelas

Não, não vamos falar sobre um aplicativo que rastreia as estrelas de Hollywood nem os famosos do seu programa favorito. Vamos falar sobre estrelas um pouco…maiores.

Já ouviu falar do aplicativo Google Sky Map?

Feito para os amantes dos céus, o aplicativo da Google é a versão mobile do Google Sky, um mapa do universo que foi criado para explorar não só nosso planeta, mas todo o universo, mostrando constelações, nebulosas, planetas, corpos celestes, etc. Funciona mais ou menos como o Google Maps normal, porém com a via láctea ao invés das ruas, permitindo que você “visite” galáxias e navegue por entre as estrelas.

Ele é gratuito, vem em inglês e está disponível para dispositivos com Android 1.6 ou superior. Basta baixar o aplicativo, deixar seu GPS ligado, iniciar o app e apontar a câmera para o céu que o aplicativo vai começar a mapear as constelações, planetas e objetos celestes ao redor da sua localização em tempo real. Além de permitir dar um zoom poderoso para que você possa navegar mais perto das estrelas, o app ainda permite escolher o que deseja visualizar nas configurações, como estrelas, planetas, etc. Quanto menos coisas você marcar, mais “limpa” será a imagem (já que ele mostrará somente aquilo que você marcar nas configurações). Se você deseja localizar um planeta ou um astro, digite o nome na busca. Uma seta no centro da tela indica para onde você deve mover o aparelho. Quando encontrar o que procura, o aplicativo mostra o resultado dentro de um círculo.

Existe ainda um item nas configurações que é superinteressante. O “Viagem no Tempo” é, com certeza o atrativo maior do Sky Map, com ele podemos ver onde estavam posicionados os nossos queridos planetas e estrelas em um determinado ano, como por exemplo no ano que você nasceu. Um aplicativo perfeito para quem é apaixonado pelos astros, estudiosos do assunto ou simplesmente para mentes curiosas que querem descobrir um pouco mais sobre a imensidão infinita da galáxia que nos rodeia.



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários

Facebook Safety Check

Você sabia que o Facebook possui uma ferramenta para informar as pessoas se você está em uma área atingida por um desastre significativo (natural ou não)? Pois é. Essa ferramenta existe desde 2014 e é usada sempre que alguma área é atingida por uma situação alarmante ou considerada “desastrosa”.

O “Facebook Safety Check” (originalmente era “Disaster Message Board”, mas o nome foi alterado antes do lançamento para deixar a ferramenta com um aspecto mais leve) é uma ferramenta criada pelo próprio Facebook para ajudar a dar notícias aos familiares e amigos das pessoas que estão nas regiões atingidas ou em locais próximos, facilitando o envio de informações sobre a situação da pessoa, ajudando a tranquilizar seus parentes e amigos.

A ferramenta foi criada após o tsunami no Japão que, em 2011, afetou mais de 12,5 milhões de pessoas afetadas e fez mais de 400 mil pessoas deixarem suas casas. Após isso os engenheiros do Facebook criaram um painel de mensagens para teste e evoluíram a plataforma até chegar ao projeto em vigor.

Para saber se você está em uma área afetada por um desastre, o Facebook faz uso de vários meios. O principal deles é a localização em GPS informada pelo app do serviço. Outro é a identificação da cidade na qual você acessou a rede social pela última vez. Caso tenha algum erro na sua localização, basta informar que você não está em uma área atingida pelo desastre em questão.

Ele funciona da seguinte forma: se você estiver uma área que foi atingida por uma situação considerada “desastrosa”, como ataque terrorista, um desastre natural ou um acidente de grandes proporções, etc., o Facebook perguntará ao seu perfil se você está bem. Após obter a resposta o Facebook informará aos seus amigos e parentes conectados ao seu perfil. Se você tiver amigos que estão na mesma região você também poderá informar se eles estão a salvo. Assim os amigos e parentes deles também receberão notícias.

Como fica difícil de obter informações das pessoas durante uma “situação desastrosa” o uso dessa ferramenta facilita (e muito) a ter pelo menos uma informação básica sobre a pessoa: “Ela está bem!” Só essa mensagem já consegue acalmar os amigos e familiares de alguém que esteja na região atingida ou próxima a ela.

Ele foi introduzido em 15 de outubro de 2014 e a sua primeira grande implementação aconteceu no dia 25 de abril de 2015 durante o terremoto que atingiu o Nepal. Após isso foi amplamente utilizado em maio quando o Nepal foi atingido por outro grande terremoto, em outubro durante a passagem do Furacão Patrícia pela região do Pacífico e durante os ataques em Paris (primeira vez a ser usado para um desastre não-natural). E pela primeira vez o recurso está ativo no Brasil por causa dos grandes deslizamentos e inundações que estão ocorrendo em São Paulo (de acordo com o G1, ele foi liberado na tarde deste sexta-feira (11/03/16), para noves cidades do interior e da região metropolitana de São Paulo).

As redes sociais estão se tornando cada vez mais um poderoso meio de comunicação e interação social, passando da esfera de pura distração e bate-papo para o nível de contato social e meio de comunicação e divulgação em massa.



Arthur

Arthur

Publicitário, designer, social media, apaixonado por novidades e curiosidades aleatórias. Viciado em literatura, signos, (des)construção social e doces, é bem tranquilo, aberto e prestativo. Edredom com Netflix é seu habitat natural.

Comentários