H1, H2, H3: Como salvar seu SEO utilizando Heading Tags

Janu França Por Janu França em 20 setembro, 2021 ~ 8 minutos de leitura
H1, H2, H3: Como salvar seu SEO utilizando Heading Tags

As heading tags h1, h2, h3 são essenciais para um conteúdo estratégico. Afinal, para se destacar entre os resultados de busca orgânica é preciso adotar uma série de técnicas e práticas de otimização. 

Nesse sentido, algumas dessas práticas têm como objetivo facilitar o rastreamento das páginas por parte dos algoritmos do Google e outros mecanismos de busca. Já outras, melhoram a experiência do leitor, fator muito importante quando falamos de conteúdos para a internet. Além disso, também existem as técnicas de SEO que atendem ambas as necessidades de forma simultânea, o que é o caso das heading tags.

Com isso, para que você entenda melhor essa prática, preparamos este conteúdo com informações importantes sobre as H1, H2, H3. Continue a leitura e entenda como utilizar as heading tags para melhorar o SEO de suas páginas e assim trazer melhores resultados para sua empresa.

Heading Tags H1, H2, H3: O que são?

Conteúdos bem construídos e estruturados são essenciais para uma estratégia de marketing digital. Eles podem ser a porta de entrada de um novo cliente para a sua empresa. Mas para isso eles precisam aparecer, não é mesmo? Ou seja, se posicionar bem nos mecanismos de busca. Muita gente não sabe, mas o uso correto das Heading Tags H1, H2, H3 são essenciais para atingir este resultado.

Diante disso, geralmente, quando vamos produzir um texto, nós utilizamos tamanhos de fontes diferentes para destacar o título e os subtítulos, correto? Mesmo que de maneira intuitiva, nós aplicamos esse recurso para proporcionar uma experiência mais agradável em termos de leitura.

Nesse sentido, um conteúdo presente na página de um site precisa oferecer tanto uma leitura agradável para o leitor, quanto facilitar o rastreamento por parte dos algoritmos. Dessa forma, os robôs só serão capazes de diferenciar um título e os tópicos mais relevantes do resto do conteúdo da página, se o conteúdo estiver devidamente tagueado no HTML. E isso é feito através das heading tags

As heading tags ou “tags de cabeçalho”, como também são conhecidas, seguem uma escala que vai do h1 até o h6. Dessa forma, elas estabelecem uma ordem hierárquica das informações. Com isso, elas são inseridas no HTML da página indicando a que trechos do conteúdo o título, subtítulos e tópicos de destaque devem ser vinculados.

Importância das Heading Tags H1, H2, H3

Não são exatamente precisos todos os fatores que influenciam no ranqueamento orgânico de um conteúdo. No entanto, é certo que o Google tem como objetivo entregar aos usuários os melhores resultados correspondentes à sua busca. Ou seja, as páginas que possuem um conteúdo rico sobre o assunto pesquisado e que também entregam uma boa experiência para o leitor, tem grandes chances de se destacar entre os resultados de busca.

A seguir vamos abordar alguns dos pontos que tornam o uso das heading tags h1, h2 e h3 de suma importância.

Informa o assunto da página para os mecanismos de busca

Utilizando as heading tags de maneira correta, você irá informar aos algoritmos sobre do que se trata a página em questão. Isto é, o título e os subtítulos são espaços valiosos para se explorar as palavras-chaves relevantes para a página.

É através do uso adequado do h1, h2, h3 que os robôs vão entender que este conteúdo, por exemplo, fala sobre heading tags. Além disso, é através deles que ficará claro quais os pontos estou abordando sobre o assunto. Dessa forma, quando um usuário pesquisar sobre a palavra chave-principal ou algum desses tópicos, se o conteúdo for bem construído e relevante ele terá boas chances de se posicionar bem.

Dica: O que é SEO

Melhora a experiência de leitura do usuário

Organizar o conteúdo por meio de subtítulos e tópicos, é essencial para melhorar a sua legibilidade. E como vimos o uso de H1, H2, H3 promove essa organização, contribuído muito para a experiência do leitor. Isso porque, tal estrutura irá ajudar a dividir o texto tornando a leitura muito mais fácil e também agradável para o usuário. Inclusive, o leitor pode estar em busca de uma informação específica e com o uso correto das headings tags fica mais simples dele encontrá-la.

Importante recursos de acessibilidade

É importante promover uma boa experiência para todos os usuários. Neste sentido, as tecnologias assistivas, entregam uma experiência melhor de navegação e leitura quando o site implementa as heading tags devidamente. Tais tecnologias são utilizadas por pessoas que possuem limitações físicas e visuais para navegar na internet.

Hierarquia das Heading Tags: como aplicar h1, h2, h3

Como citamos anteriormente, as heading tags possuem uma escala de 1 a 6 (H1 ao H6) com o objetivo de estabelecer uma organização hierárquica das informações. Com isso, a tag H1 é mais importante e a ela deve ser atribuído o título principal do conteúdo.  

Verificar SEO

Verificador de SEO Cia

  • Verificador de SEOé abrangente.
  • Verificador de SEOé imediato.
  • Verificador de SEOé grátis.
Verifique o SEO do seu site agora! Botão Cia

Já as tags H2 são vinculadas aos subtítulos, seu uso é bastante importante, já que nelas serão apresentados os pontos que serão abordados sobre o assunto principal. Além disso, é interessante trabalhar palavras-chaves secundárias no H2, que também são estratégicas para o conteúdo.

Já as tags H3 indicam outros trechos de destaque com menor relevância, que se relacionam com os tópicos presentes no h2, e assim por diante. Contudo, raramente encontramos conteúdos com as tags h5 e h6. 

Exemplo de uso:

Esse próprio artigo pode ser tomado como exemplo. Vejamos sua estrutura em termos de tags:

  • H1: H1, H2, H3: como salvar seu SEO utilizando Heading Tags
  • H2: Heading tags H1, H2 e H3: o que são ?
  • H2: Importância das heading tags
  • H3: Informar o assunto da página para os mecanismos de busca
  • H3: Melhora a experiência do usuário
  • H3: Importante recursos de acessibilidade
  • H2: Hierarquia das heading tags  

Para entender ainda melhor a hierarquia das heading tags, vamos pensar da seguinte forma:

  • H1 = A cidade onde você vive
  • H2 = Seria o Bairro
  • H3 = A rua
  • H4 = O condomínio
  • H5 = O prédio
  • H6 = Seu apartamento

Ou seja, é como se uma coisa estivesse “dentro” da outra. Por isso, é preciso respeitar esta hierarquia, pois tanto do ponto de vista do SEO quanto do ponto de vista da experiência do usuário, desrespeitá-la pode tornar a estrutura do conteúdo estranha e confusa. Como resultado, isso pode prejudicar o entendimento dos leitores e até o ranqueamento do site nos resultados de busca.

É importante informar que, no caso do WordPress, ao editar o conteúdo basta selecionar o título como H1, H2, H3 e etc, para que a própria plataforma insira as tags no HTML. Veja na imagem abaixo:

como selecionar headign tags no wordpress tagsh1,h2 e h2

Práticas a serem evitadas ao usar as heading tags 

Além de práticas corretas para o uso das heading tags, também existem aquelas que devem ser evitadas. Isso acontece porque quando utilizamos uma técnica de forma equivocada ela pode gerar o resultado contrário do que se espera. Nesse sentido, quando se trata do uso de H1, H2, H3 devemos evitar as seguintes práticas:

Dica: O que é EAT

Fique atento a utilização das palavras-chaves

Obviamente que o uso das palavras-chaves no título e subtítulos, assim como ao longo do texto, é essencial para o SEO. Contudo, isso deve ser feito de forma correta e natural, pois ao utilizar as keywords de forma exagerada no conteúdo, pode parecer forçado tanto para o usuário quanto para os algoritmos. O resultado? seu ranqueamento será prejudicado, ao invés de melhorar.

Repetir heading tags em conteúdos diferentes 

Também não é muito recomendado repetir as mesma heading tags em conteúdos diferentes. Isso porque ao fazer isso você pode criar uma competição entre as duas páginas, o que também pode prejudicar o ranqueamento nos mecanismos de busca.

Caso vá escrever um conteúdo com assunto semelhante ou complementar a um que já existe no seu site, o ideal é abordar pontos distintos e fazer uma linkagem interna, como essa que acabei de fazer. Assim, o usuário pode acessar outro conteúdo do blog e se aprofundar ainda mais e o Google, por sua vez, irá entender que esses conteúdos se complementam. 

Clientes

Desafios

Resultados

Não importa em que setor você está ou quais desafios de marketing você enfrenta. A Cia Web Sites trabalhará com você para criar uma campanha personalizada que gere resultados para sua empresa.

Solicitar uma proposta

Como utilizar a tag H1 de maneira correta?

Como citamos anteriormente a tag H1 é muito importante, afinal um título principal deve sempre existir. Por esse motivo, é fundamental utilizá-la da maneira correta, pois ela exerce bastante influência no ranqueamento orgânico. Isso porque ela é a primeira tag que informa aos mecanismos de busca o tema de determinada página.

Por isso, confira a seguir algumas dicas para não errar na hora de definir sua tag H1:

  • Utiliza somente uma tag H1 por página: a tag h1 deve ser atribuída ao título principal do conteúdo. Consequentemente, deve haver apenas uma H1 por página.
  • Adote uma H1 exclusiva para cada página: cada conteúdo deve ser único, ou seja, não devemos abordar exatamente o mesmo assunto em páginas diferentes. Isto é, cada página deve ter uma palavra-chave em foco diferente, sendo assim, cada h1 deve ser exclusivo em seu site. Isso porque conteúdos duplicados concorrem entre si nos mecanismos de busca e isso prejudica seu desempenho.
  • A palavra-chave principal deve aparecer no h1: já que é essa tag que irá informar o tema do conteúdo aos buscadores, é essencial que a palavra-chave apareça na tag h1.
  • Não coloque a logo do site como h1: as heading tags devem estar sempre vinculadas a conteúdos em texto. Pois, só assim os mecanismos de busca podem ler a informação e entender de que assunto a página se trata.

E então? Pronto para começar a aplicar as heading tags h1, h2 e h3 nos seus conteúdos na internet! Continue acompanhando o blog da Cia Web Sites e assine nossa newsletter para não perder nenhuma informação sobre o universo do marketing digital.

Você tem que saber: O que são palavras-chave

Você tem que saber: O que é SEO On-page

Você tem que saber: O que é SEO Off-page

Você tem que saber: O que é link building