Saiba aumentar conversões da sua landing page

A landing page é uma das estratégias mais usadas no marketing digital, justamente pelo alto poder de conversão de leads (potenciais clientes) e por colaborar com a efetivação de negócios na internet.

Em resumo, as landing pages, também chamadas de “páginas de destino”, têm como objetivo a conversão de visitantes para o seu site. Elas são construídas com poucos elementos, para evitar distrações, com foco no CTA (Call to Action).

As landing pages fazem parte do chamado Inbound Marketing, ou marketing de atração, estratégia que visa oferecer conteúdo relevante para atrair clientes. Desse modo, não se convence pela persuasão, mas sim, pela qualidade das informações compartilhadas.

De acordo com dados, as empresas com 30 ou mais landing pages são capazes de gerar 7 vezes mais leads, em comparação com empreendimentos com menos de 10 páginas de destino no ar.

Por conta disso, quanto maior é a conversão de leads, maiores as chances de sucesso da estratégia.

Neste artigo, vamos abordar um pouco mais sobre como aumentar as conversões da sua landing page e alcançar novos clientes. Confira as dicas abaixo!

1 – Use uma linguagem atrativa

A landing page não pode ser confusa ou distrair o usuário. Ao contrário, ela deve ser objetiva, clara e ter uma mensagem rápida, para que o leitor leve o menor tempo possível para decidir se quer ou não clicar na página de destino.

Por esse motivo, recomenda-se usar uma linguagem atrativa, normalmente começando com um verbo. Veja o exemplo:

“Cadastre-se agora e saiba como obter sua licença ambiental inema!”

Ou seja, a mensagem mostra o valor da sua oferta para a audiência, para que o usuário entenda a sua intenção em poucos segundos.

Vale dizer que, em um formulário de cadastro, deve-se refletir o valor da oferta, para que o leitor tenha a sensação que está tendo alguma vantagem, ao compartilhar um endereço de e-mail, ou preencher um documento com informações pessoais.

Em uma landing page, não é comum pedir número de telefone e dados de uma instituição, principalmente se o intuito é atrair visitantes de topo de funil. 

Normalmente, essas informações são requisitadas aos leads qualificados, isto é, na etapa de fundo de funil.

aprenda-com-especialista

2 – Seja simples e objetivo

A landing page deve deixar claro para as pessoas a sua intencionalidade. Por exemplo, se o objetivo é atrair cadastros para uma newsletter, isso deve ser especificado na mensagem.

Ou, então, se a intenção é oferecer uma promoção, também é importante informar quais são os ganhos com a ação. Por exemplo:

“Receba 50% de desconto no serviço de reciclagem de papel e papelão!”

Além disso, lembre-se de:

  • Não criar textos longos;
  • Não demorar para explicar a oferta;
  • Utilizar números para atrair o leitor;
  • Usar verbos no imperativo.

Importante ressaltar que a demonstração da mensagem não precisa ser apenas textual. A landing page também pode usar de outros artifícios, como imagens, vídeos e ilustrações, que influenciam na conversão.

3 – Utilize cores e formatos

Na construção de uma landing page, é necessário contar com o trabalho de um redator e um designer. Afinal, as pessoas são atraídas por imagens, cores e formatos – e esses aspectos devem ser explorados nas páginas de destino.

As cores devem ser chamativas e apresentar contraste, mas sem comprometer a legibilidade da mensagem. Lembre-se que as tonalidades transmitem sentimentos e o designer deve analisar essas características, durante a criação da página.

O tamanho e o formato dos botões de ação também devem ser planejados, especialmente em relação aos demais elementos visuais. A própria posição do CTA deve ser levada em consideração.

Recomenda-se que cada landing page tenha apenas um botão, para que o visitante não se distraia com outras ações.

Assim, é possível construir uma frase do tipo “Saiba mais sobre remediação de solos contaminados!”, ao lado de um botão: “Clique aqui”, por exemplo.

4 – Direcione o olhar dos usuários

Para a construção de uma landing page atrativa, o designer deve planejar a disposição de todos os elementos, de acordo com o olhar dos visitantes.

Há pontos centrais que direcionam a visão, por isso, é importante explorá-los como recurso de atração visual, para que o usuário seja condicionado a realizar uma determinada ação (clicar no botão, fazer o cadastro, entre outros).

Ademais, importante lembrar que a landing page necessita de equilíbrio: nem elementos em excesso, nem em falta.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



Redação Cia Web Sites

Redação Cia Web Sites

Especialista em criar e otimizar sites há quase uma década. Eficiência em gerar resultados cada vez melhores, elevar o posicionamento do site e superar as expectativas dos clientes! 😉 Adora estudos, aprendizado, organização, dedicação, criatividade e "gente boa" - pessoas competentes que tornam tudo isso possível!

Comentários