Inbound Marketing para Pequenas Empresas

Grande ou pequena a sua empresa precisa investir em Inbound Marketing, afinal de contas, toda empresa deseja atrair mais clientes e manter um bom relacionamento com eles. Entenda mais sobre essa metodologia e mude os rumos do seu negócio. 

O que é Inbound Marketing?

Inbound Marketing é um método que usa conteúdo relevante como forma de atrair potenciais clientes.

Os hábitos de consumo atuais fazem com que as empresas tenham que se adaptar a novas realidades e, é por isso que precisam incorporar novas estratégias. 

Investir em Inbound Marketing é excelente para pequenas empresas pois exige um pequeno custo para a entregar um grande resultado. E, por exemplo, assim como você precisa da criação de um site de qualidade e presença online, precisa também de estratégias para alimentá-lo. 

Para que entenda melhor, pense em como você geralmente capta um cliente. De forma tradicional você oferece o seu produto/serviço já de cara, fala das qualidades e do potencial competitivo da empresa, não é mesmo?

Mas o que acontece é que às vezes o seu potencial cliente ainda não está pronto para a compra, pois ele ainda tem dúvidas sobre as soluções que irão resolver suas “dores” ou nem sabe que as tem. 

O Inbound Marketing tem o objetivo de mostrar a melhor solução, através de conteúdo, ou seja, inicialmente você não fala diretamente do seu produto, você fala sobre as soluções que ele apresenta para determinado problema. 

Notamos que, não é mais a empresa que dita como funciona o mercado, e sim o consumidor. 

Uma pesquisa recente realizada pela Social Miner diz que 75,7% dos entrevistados afirmaram que buscam por valores e ofertas online antes de concretizar a compra.

Com tantas opções no mundo online, você precisa do Inbound Marketing para atrair seu público e mantê-lo interessado no seu negócio, através de informação relevante! 

Benefícios do Inbound Marketing

O melhor benefício do Inbound Marketing é o preço. Segundo pesquisas, o Inbound Marketing custa em média 62% menos que técnicas tradicionais, como marketing direto. 

Mas não é o único, já que sua eficiência é enorme. O Inbound Marketing também te torna referência no seu negócio, já que passará a ser fonte de informações sobre ele.

Quando você é uma pequena empresa, pode ter dificuldade para superar potenciais competitivos de empresas maiores. Portanto, ter autoridade sobre determinado assunto que envolve seu segmento, é um grande diferencial. 

E, voltando ao exemplo da criação de sites, não adianta apenas criá-lo e jogar na internet. É necessário otimização de sites para que seja visto e buscado. Um blog nesse caso, é importantíssimo para otimizar o site em si e a estratégia Inbound de atração. 

 Trata-se de estratégias para alcançar seus diferenciais e superar seus concorrentes. 

Se existe uma estratégia definida, que constrói um conteúdo sólido e segmentado para cada etapa do Inbound Marketing, você consegue alcançar autoridade naquilo que faz, conquistando seu nicho de mercado.  

Você não precisará correr atrás do seus clientes. Você investirá em gatilhos que farão que eles venham até você, pelas informações relevantes que você oferece. 

A Importância do Inbound Marketing

Para as pequenas empresas o Inbound é essencial para otimizar gastos e entregar bons resultados. Além do mais, ele é assertivo quando se trata em conversar com o público certo. 

O fundamental em toda campanha de marketing é a segmentação do público correto. Pois não adianta falar A, com quem só entende B. Toda empresa precisa conhecer seu público alvo para obter sucesso de vendas. 

O Inbound Marketing oferece facilidade na hora de segmentar seu público e seus hábitos de compra, já que você precisa dessas informações para guiar o seu cliente pelo funil de vendas, até chegar na hora da compra. 

A mensuração de dados que o Inbound possibilita também é muito importante, já que analisando os resultados de cada estratégia executada você sabe o que deu certo e o que não deu; o que precisa de ajuste e o que não precisa.

Bom, agora que vimos as vantagens e a importância do Inbound Marketing, vamos entender como ele funciona na prática.

Pilares do Inbound Marketing

Os pilares do Inbound Marketing são: atrair, converter, relacionar, vender e analisar. Funciona como um funil de vendas, que pequenas empresas já estão habituadas a lidar. 

Como fazer Inbound Marketing

A primeira fase do Inbound Marketing, como você já deve ter percebido, é a atração. Você investe em produção de conteúdo relevante, para apresentar soluções às dores do seu cliente. 

Você atrai ele de forma qualificada e específica, aumentando a chances de conversão. Então, uma lição importante no Inbound Marketing, principalmente na etapa de atração é:

Entenda as dores do seu cliente!  

Depois, vamos para a etapa de conversão. Aqui você começa a construir o seu relacionamento com o consumidor. Você continua alimentando ele com informação, porém de forma mais exclusiva e aprofundada.

Na conversão, você vai pedir algo em troca de conteúdo: os dados do cliente. Seja um e-mail, um telefone, algo que você possa entrar em contato com ele de forma individual.

É uma troca mútua, já que ambos se beneficiaram.  Segunda lição importante:

Aprofunde o relacionamento com seu público sem ser invasivo, construa um relacionamento recíproco. Você nutre ele com informações e em troca ele te fornece alguns dados.  

Terceira etapa do Inbound Marketing: relacionar. Aqui você já está estreitando laços com o cliente, que virou o que chamamos de “lead”, ou seja, cliente em potencial.

Muitos nesse estágio já estão preparados para tomar a decisão de compra, outros ainda não. No último caso você observa em que estágio do funil ele está e o estimule conforme a sua posição (meio ou final de funil).

Outra lição: O público que se torna lead no Inbound Marketing, pode não estar na mesma etapa do funil de vendas, ou seja, precisará de estímulos diferentes. 

Está na hora de vender! Nessa etapa você apresenta seu produto/serviço. Sendo uma empresa pequena, você pode destacar seus diferenciais competitivos como maior exclusividade ao cliente. 

O Inbound Marketing trabalha o tempo todo a ideia de exclusividade na cabeça do cliente desde a etapa de atração. Então ele gosta de tudo que é personalizado e adaptável às suas necessidades. 

Nessa etapa a lição é apenas: Venda! 

Por fim você analisa tudo o que foi feito. Analisar talvez seja uma das mais importantes etapas, pois aqui você vai mensurar os resultados, para continuar fazendo o que deu certo e adaptar estratégias que não foram boas. 

Depois da análise tudo pode ficar mais fácil, pois cada vez que você aplica o Inbound Marketing, você conhece novas possibilidades e chega nas “fórmulas” que funcionam para o seu público. 

Lembrando que fórmulas no Marketing, são só uma força de expressão, já que elas são temporárias e precisam ser acompanhados continuamente. E, talvez a maior lição seja essa:

O Marketing não tem fórmulas exatas. 

Agora que entendemos mais dos processos de Inbound Marketing, vamos ver algumas aplicações específicas no mercado. 

Exemplos e Aplicações de Inbound Marketing

Inbound marketing para advogados

O Inbound Marketing é eficaz para o direito, já que esse é possível produzir uma vasta produção de conteúdo relevante, sendo um assunto amplo e muito específico. 

Quem nunca entrou na internet para consultar uma hipótese ou problema jurídico? A presença online eficaz de um advogado faz com que seu número de oportunidades cresça ininterruptamente. 

 Inbound marketing para escolas

Pais gostam de estar antenados com tudo que acontece com seus filhos. E, baseado em uma estratégia de entrega de informações, a escola ganha credibilidade e autoridade em assuntos como educação. 

O Inbound Marketing é excelente para estreitar laços com os responsáveis pelas crianças, que também podem ser nutridas através da interação que a estratégia permite. 

O Inbound tem o poder de encantar!

Inbound marketing para médicos

Partindo do princípio de presença na internet, o Inbound Marketing também é essencial na área da saúde, especificamente para os médicos, independente do segmento. 

Quem nunca ouviu falar do “Dr. Google”, expressão criada para brincar com o fato de que as pessoas consultam primeiramente seus sintomas na internet, para depois procurar um médico. 

Se ela encontra conteúdo do médico no Google, PIMBA! O Inbound deu certo. 

Inbound marketing para dentistas

Existem muitos consultórios odontológicos espalhados em cada região e, cada um possui um público específico. O Inbound nesse caso é efetivo para segmentação desse público. 

Dentistas tem diversas especialidades e um público para cada uma delas. Entregar conteúdo relevante para o público certo cria ótimas oportunidades de negócio, tornando-o referência na área.

Inbound marketing para vidraçaria

“Vidro é tudo igual”, alguns dizem. Mas, o potencial que cada vidro tem é muito diferente. Cada empresa tem um potente diferencial e o Inbound Marketing vai usar isso.

A informação é essencial para ajudar a não generalizar produtos que podem parecer iguais em propriedades.

Como aplicar o vidro? Qual vidro ideal para uma determinada solução? Só uma pessoa técnica pode responder essas perguntas e o consumidor procura por essas respostas. 

Inbound marketing para decoração

Plataformas como Pinterest, Google Imagens, são exemplos de Inbound Marketing para decoração. Empresas publicam imagens que sirvam de inspiração para os clientes que estão em busca de itens de decoração. 

Apostar em uma estratégia visual também faz parte do Inbound Marketing, já que a visão é um dos sentidos mais aguçados dos seres humanos. Como diz aquele velho ditado, “nós comemos pelos olhos”, ou seja, hábitos de consumos são guiados pelo que vemos. 

Bom, é isso! Esse foi um artigo com informações principais e essenciais, sobre Inbound Marketing. Esperamos que tenha aprendido sobre o assunto e que aplique para pequenas empresas. 

Caso precise de mais informações a Cia está sempre aberta a um bom papo sobre o mundo marketing e suas vantagens para o seu negócio! Até logo. 



Ingrid

Ingrid

Produtora de conteúdo e social media. Aventureira em marketing digital. Entusiasta da antropologia cultural atrelada à vivência como forma de emissão da mensagem publicitária.

Comentários

-->