Como escolher sua agência de publicidade ou marketing digital

Como escolher sua agência de publicidade ou marketing digital

Postado em: 04 de abril de 2018
Compartilhe

Como escolher uma agência de marketing digital?

Sem dúvida, esse é o principal questionamento para aqueles que entenderam a importância do marketing digital. Por isso, o objetivo desse post é elencar quais são os fatores que devem ser considerados na hora de escolher uma agência.

1: Não pense apenas no seu bolso, ok?

É claro que o preço mais baixo muitas vezes salta aos olhos do dono da empresa, porém apostar apenas no custo pode ser um verdadeiro tiro no pé, pois se a agência está cobrando muito menos que o mercado, ela pode estar prometendo, mas não tem capacitação para entregar.

Se você tem condições de economizar, economize! No entanto, se o marketing digital é uma aposta visando o crescimento, invista, porque os clientes vão aparecer e o retorno será muito maior do que o que foi investido.

2: Histórico e reputação da agência precisam ser avaliados

Não é, porque a agência atua no mercado há 20, 30, 40 anos que ela tem expertise para lidar com o marketing digital. Por outro lado, as empresas mais jovens já surgiram conhecendo as atualizações e novidades trazidas pelo marketing digital, porém como elas ainda não tem um portfólio recheado.

Sendo assim, qual agência devo escolher: a nova ou a experiente? A escolha deve ser por aquela que soube com o passar do tempo agregar serviços. Para obter essa informação, verifique como a empresa começou e como ela foi se atualizando.

Certificações e parcerias também te ajudam a escolher a melhor opção. Por isso, verifique a relação da agência de marketing digital com o Google, RD Station e Hubspot.

Verifique ainda quantos prêmios a agência ganhou pelos trabalhos realizados, pois essas conquistas trazem credibilidade e servem como um referencial para o público em geral. Utilize ainda o Google para obter informações de relevância sobre as agências.

3: Casos de sucesso

Referência é imprescindível, concorda? Por isso, pesquise o portfólio da agência e qual foi o serviço feito para outras empresas. Geralmente, esse tipo de informação está no site, mas se você quiser saber mais, não fique constrangido, entre em contato e peça para que a empresa mostra seus trabalhos.

4: Entre em contato com pessoas que já contrataram os serviços agência de marketing digital

Como não podemos levar em consideração apenas aquilo que está no site da agência, pois seu objetivo é conquistar mais clientes, faz-se necessário entrar em contato com outros clientes.

Não tenha medo de solicitar a própria agência o nome de alguns clientes, porque se o serviço foi executado de forma satisfatória, eles terão o maior prazer em dar, mas se relutarem, busque alternativas no mercado.

5: Canais de comunicação da agência devem ser avaliados

Por fim, se a agência trabalha com marketing digital, ela precisa cuidar bem do seu marketing digital. Por isso, o recomendável é que antes de fechar o negócio, o cliente faça uma análise dos canais de comunicação da agência.

Entre no site e verifique questões como a usabilidade e se as páginas foram otimizadas para serem acessadas a partir de dispositivos móveis. No blog, os conteúdos precisam ter qualidade, mas não só texto, é preciso disponibilizar ebooks, infográficos e webinars.

A agência também deve marcar presença nas redes sociais e o foco da sua avaliação deve ser os tipos dos posts, como a empresa se comunica com os seus seguidores e a qualidade das fotos e vídeos postados.

Gostou de saber sobre o que considerar na hora de escolher uma agência de marketing digital? Então, comente conosco.

Quer saber mais sobre marketing digital? Leia também: Como Implementar o Seu Marketing de Conteúdo e Outbound x Inbound – Entenda o Marketing do XXI.

Co-Fundador da Cia Web Sites, trabalha com otimização de sites desde 2009. Apaixonado pelo que faz, dedicado e extremamente preocupado com a satisfação dos clientes. Louco por futebol (assiste até jogos da Série D), relaxa nos fins de semana tomando uma cervejinha, porque ninguém é de ferro.

Compartilhe

Gostou do post? Comenta aí!