Inbound e Outbound Marketing

Quando uma empresa deseja fazer uma nova estratégia de vendas, sempre surge a dúvida sobre qual das opções seguir. Afinal, hoje, temos o inbound e outbound marketing à nossa disposição, para serem exploradas.

Os adeptos do inbound marketing começam a “puxar sardinha” para o lado deles. Apresentam milhões de dados, gráficos e números, provando sua eficácia. Citam leads, jornadas de compra e atração de visitantes. Dizem que o outbound está acabado, e que o marketing de conteúdo é o futuro.

Por sua vez, a equipe de outbound rebate dizendo que o inbound não tem escalabilidade o suficiente para uma estratégia bem-sucedida em larga escala. Alegam também que muitas empresas não têm tempo nem recurso de investir durante meses numa estratégia que só trará resultados a longo prazo, já que, por sua vez, o outbound traz resultados mais imediatos.

Qual das duas está correta? As duas!

Ambas as estratégias têm seu lado forte e seu lado fraco. Tudo depende do segmento que você trabalha, do seu produto e dos objetivos que você quer alcançar.

Conheça um pouco sobre os conceitos e aprenda as principais diferenças entre as vendas inbound e as vendas outbound!

O que é inbound marketing?

O inbound marketing é uma abordagem que vem trazendo imensos resultados no Brasil. Um plano de inbound marketing bem elaborado consegue atrair novos clientes e usuários ao oferecer conteúdo relevante, por meio virtual — sites e blogs —, com o objetivo de convertê-los em leads, de forma mais natural e orgânica. Assim, são passados para a área comercial somente os contatos que já estão mais preparados para efetuar a compra, diminuindo, assim, o esforço de vendas.

Leia nosso artigo sobre o que é uma estratégia de inbound marketing e como fazê-la!

O que é outbound marketing?

Outbound é uma maneira de fazer marketing que reinou durante muitos anos. Seu processo se baseia na busca ativa de clientes, com pouca segmentação/diferenciação na informação e na disseminação de atributos do produto. Ou seja, informações com pouco valor percebido das pessoas. Ele se popularizou com as propagandas de TV, rádio e jornal. Trata-se de um marketing mais invasivo, que trabalha com a interrupção.

Inbound e outbound marketing: qual é melhor?

inbound e outbound marketing

Podemos perceber que o jeito de se praticar marketing vem mudando ao longo dos anos. Desde quando começou a padronização dos produtos — ou seja, produtos muito parecidos de uma marca e outra —, o marketing ativo começou a deslanchar, com o objetivo de diferenciação e criação de desejos, por meio da identificação de valores.

Quando colocamos lado a lado, o novo marketing (inbound) comparando ao velho (outbound), quase automaticamente visualizamos o inbound em um patamar de solução e o velho como antiquado e ultrapassado. Porém, não é bem assim! O outbound ainda é um meio eficaz, e cabe à sua empresa saber identificar se é a estratégia que funciona para o seu negócio. O ideal mesmo é uma estratégia conjunta e sinérgica entre inbound e outbound marketing.

Agora que você já sabe a diferença entre os dois tipos de marketing, aprenda como utilizá-las para conquistar ainda mais clientes, baixando nosso e-book sobre o assunto.



Redação Cia Web Sites

Redação Cia Web Sites

Especialista em criar e otimizar sites há quase uma década. Eficiência em gerar resultados cada vez melhores, elevar o posicionamento do site e superar as expectativas dos clientes! 😉 Adora estudos, aprendizado, organização, dedicação, criatividade e "gente boa" - pessoas competentes que tornam tudo isso possível!

Comentários