[Covid-19] Por que o investimento em Inbound Marketing ainda é importante?

Mesmo em tempos de pandemia, algumas estratégias comerciais sempre continuarão fazendo sentido. Na crise mais recente que o mundo viu este foi o caso do inbound marketing.

De fato, por pior que seja o cenário, sempre haverá a necessidade de alguns produtos continuarem sendo vendidos, e alguns serviços continuarem sendo prestados.

Podemos até lembrar uma das máximas da publicidade, que diz que “enquanto alguns choram, outros vendem lenços”. Por um lado pode parecer imoral, mas por outro também revela que as empresas/marcas sempre terão uma função social.

É só pensar na área da saúde, por exemplo, seja da medicina clássica ou de uma clínica de psicologia. Também há serviços básicos ligados à higiene, à alimentação, à segurança, ao transporte, etc.

Conforme a crise vai diminuindo, os serviços e produtos voltam a circular. O perfeito do inbound marketing é que ele faz sentido em qualquer uma dessas etapas, seja na mais severa ou na mais amena e próxima da normalidade.

Se você quer entender como, basta seguir adiante na leitura.

O que exatamente é o inbound?

O primeiro dado fundamental sobre o inbound é o de que se trata de uma modalidade de “marketing de conteúdo”. Este, por sua vez, é sobre gerar conteúdos gratuitos e originais como modo de atrair seu cliente.

Por isso mesmo, também é comum ouvir falar sobre “marketing de atração”. No fundo, só existem dois tipos de ações comerciais: a prospecção ativa (outbound marketing) e a passiva (inbound marketing).

O termo “passivo” indica que você forma sua clientela de modo sutil, atraindo-a com base na qualidade da sua marca, da sua solução e de sua proposta como um todo. Ou seja, não basta apelar para “promoções malucas” ou preços e prazos “arrasadores”.

Não é difícil perceber como, atualmente, o mercado atual exige isso de toda marca.

Em alguns casos é mais óbvio. Um escritório de consultoria ambiental precisa ser capaz de gerar conteúdos de qualidade, sem dúvida. Mas não apenas ele, como também as marcas de produtos mais populares.

Em tempos de crise essa expectativa do público pode se intensificar ainda mais. Então esta é outra razão para o inbound ser ainda mais apelativo em tempos de pandemia.

Por dentro do famoso funil de vendas

Não é possível falar sobre inbound sem falar em funil de vendas, bem como nas etapas que ele compreende.

Todo o esforço da marca deve consistir em fazer o cliente/lead avançar pela seguinte jornada da compra:

  1. Aprendizado e descoberta;
  2. Reconhecimento do problema;
  3. Decisão efetiva de compra;
  4. Consumo e relação com a marca.

Ora, isso também já serve para tornar muito claro como o inbound pode ser bastante assertivo em tempos de crise.

Uma fábrica que trabalha com confecção de uniformes, por exemplo, pode levantar um estudo aprofundado na expectativa dos clientes que restaram no mercado (como aqueles de serviços básicos, de eletricidade, água ou telefonia).

Com isso ela já se fortalece na etapa inicial da captação de leads, que nada mais são que as oportunidades que no futuro se tornarão os clientes.

Dicas práticas e principais vantagens

Atualmente os modos que uma empresa tem de gerar conteúdos e estabelecer pontes com seu público-alvo são muitos.

Os principais dizem respeito a blogs/vlogs e redes sociais. Acima vimos com a etapa de captação de leads (princípio de todo inbound), já demanda um conhecimento de mercado que eleva a marca a outro patamar.

De fato, toda empresa que se confronta com o inbound marketing passa a ter um conhecimento muito maior e mais prático do seu próprio segmento, do seu público e até mesmo da concorrência.

Uma das grandes vantagens disso tudo é que é possível começar sem grandes investimentos. Outro ponto que, convenhamos, faz eco a momentos de crise.

Assim, ao criar matérias para seu blog a marca já começa a atrair leitores e visitantes, depois ainda pode investir em SEO e otimização da página, para ser bem ranqueada nos maiores buscadores, como o Google. E tudo sem pôr a mão no bolso.

Deste modo, quando o internauta pesquisar armários planejados para quarto, e encontrar sua marca, certamente você terá um retorno bem maior. Depois o próprio material de blogs pode virar scripts para vlogs, e enfim posts para as redes sociais.

Outra vantagem incrível é a de que com isso sua marca se consolida, tendo em vista não apenas o momento atual, mas também o médio e longo prazo.

Com isso vemos como o inbound marketing é um excelente investimento para tempos de crise, e como pode mudar a realidade da sua marca.



Toni Campos

Toni Campos

Co-Fundador da Cia Web Sites, trabalha com otimização de sites desde 2009. Apaixonado pelo que faz, dedicado e extremamente preocupado com a satisfação dos clientes. Louco por futebol (assiste até jogos da Série D), relaxa nos fins de semana tomando uma cervejinha, porque ninguém é de ferro.

Comentários