Conheça o Growth Hacking e saiba como ele pode ajudar a sua empresa

Growth Hacking é um assunto relativamente novo em marketing. Se trata de uma forma de pensar que envolve metodologia e profissionais focados no crescimento e em resultados de uma empresa ou projeto. 

Quer saber mais sobre essa ideia e poder implementá-la no seu empreendimento? Então é só continuar a leitura! A gente explica tudo sobre o assunto no post de hoje. Vamos lá!

Mas o que é Growth Hacking?

O Growth Hacking é o termo do momento nas empresas de tecnologia, mas pode ser aplicado em praticamente todos os ramos, pois é uma tática que visa levar um empreendimento ao crescimento.

Tudo começou pensando nas startups em estágio inicial, que precisavam de um crescimento maciço em pouco tempo e com pequenos orçamentos.

Mas hoje essa atuação já está sendo muito bem aproveitada nas grandes empresas corporativas. 

O objetivo das estratégias é, geralmente, adquirir o maior número possível de usuários ou clientes gastando o mínimo possível. 

Uma equipe de Growth Hacking pode ser formada por profissionais de marketing, designers, desenvolvedores, engenheiros e gerentes de produtos que se concentram especificamente na criação e no engajamento da base de leads de uma empresa. 

Segundo Sean Ellis, conhecido como o criador do Growth Hacking, ele pode ser definido como: 

“Uma área cujo objetivo é o verdadeiro crescimento. Tudo o que é feito, deve ser examinado por seu potencial impacto sobre o crescimento escalável”

Sean Ellis foi Cabeça do setor de marketing do Dropbox, Head de marketing na LogMeIn e colunista de importantes veículos como Forbes, TechCrunch, entre outros. 

Conhecido por promover crescimento rápido nas startups por onde passava, Sean começou a prestar serviços de consultoria para replicar seus métodos. 

Como funciona o Growth Hacking

Então você deve estar pensando: como funciona o Growth Hacking? Segundo Sean Ellis o que realmente caracteriza essa mentalidade é o marketing voltado para a experimentação.

Sendo assim, para cada empresa, trata-se de descobrir quais as ferramentas ou estratégias contribuem para seu crescimento e procurar maneiras de intensificar e melhorar esses processos. 

De qualquer forma, o objetivo é obter tráfego, transformar visitantes em leads e retê-los como clientes satisfeitos. 

Como iniciar o Growth Hacking

Veja como uma empresa pode começar a usar o Growth Hacking:

  • Primeiro, crie seu produto e teste para garantir que as pessoas o desejem e estejam dispostas a pagar por ele. Isso ajudará você a coletar dados para entender suas principais personas e poder direcioná-las às táticas de marketing de crescimento de acordo com cada lead.
  • Atualize seu produto em intervalos regulares e continue recebendo comentários dos clientes para saber sempre se está no caminho certo. 
  • Ao mesmo tempo, comercialize seu produtos e serviços para promover o crescimento contínuo e acompanhe o sucesso desses resultados. Testes A / B e outras técnicas de otimização de conversão são cruciais para um Growth Hacking eficaz.

Estratégias de Growth Hacking

A maioria das estratégias de Growth Hacking se enquadra em três áreas principais:

  • Marketing de conteúdo;
  • Marketing de produto;
  • Publicidade.

Dependendo das táticas usadas, o marketing de conteúdo pode ser uma maneira de baixo custo para divulgar o seu produto. 

As principais atividades de marketing de conteúdo incluem:

  • Criar um blog e produzir um conteúdo rico e compartilhável;
  • Guest posts;
  • Criar conteúdo para as mídias sociais;
  • Produzir e-books e white papers;
  • Podcasting;
  • Webinars;
  • Marketing de influência;
  • Email marketing para criar uma conexão mais forte com os leads;
  • Melhorar a visibilidade do seu site com a otimização, entre outros.

O Growth Hacking também podem usar publicidade social e publicidade paga por clique (PPC) para promover seus negócios.

O funil do Growth Hacking

O funil do Growth Hacking,conhecido também como “funil do pirata”, foi criado pelo americano Dave McClure e pode ser utilizado em todos os tipos de empresas e segmentos para alavancar os resultados .

O funil possui 5 estágios:

  1. Aquisição (Acquisition) – Essa primeira etapa é onde você executa alguma táticas para atrair e conquistar um cliente.
  2. Ativação (Activation) – É onde você foca pra entregar uma ótima experiência ao usuário.
  3. Retenção (Retention) – Etapa onde seu clientes já precisam estar satisfeitos para continuar consumindo seus produtos ou serviços.
  4. Receita (Revenue) – Quando o cliente já está gerando receita para a empresa ao invés de consumir versões gratuitas.
  5. Indicação/ Recomendação (Referral) – Quando estão ao ponto de indicar/recomendar seu produtos e serviços para outras pessoas.

O ideal é garantir que o lead passe por todas as etapas com a melhor experiência possível. 

Por isso é muito importante olhar os estágios do funil como etapas separadas e saber identificar em quais estágios estão os problemas a serem resolvidos. Assim que identificados você já pode colocar o growth hacking em prática

Ferramentas de Growth Hacking

No mercado existem várias ferramentas para acompanhar e te ajudar em sua campanha de Growth Hacking, vou listar algumas que usamos: 

  • Google Trends
  • SemRush
  • SeRanking
  • Crazy Egg
  • Zoom
  • Hotjar

Exemplos de Growth Hacking de sucessos

Alguns exemplos bem conhecidos de campanhas bem-sucedidas de Growth Hacking são:

  • Dropbox, que recompensa os usuários existentes por convidar novos com armazenamento adicional.
  • Hotmail, que anexava uma linha a cada email enviado incentivando as pessoas a se inscreverem em uma nova conta.
  • AirBnB, que usou o Craigslist para encontrar e comercializar para pessoas que procuram acomodações a preços acessíveis.

Conclusão

Se você chegou até aqui, deve ser porque está muito interessado em aprender sobre Growth Hacking. Então vamos te dar alguns conselhos. 

O hacking de crescimento é um conjunto de habilidades que podem ser aprendidas, e espero que este post tenha colocado  na direção certa e tenha ajudado a iniciar esse processo de aprendizado. 

No entanto, existe apenas uma maneira de realmente dominar uma habilidade, e isso é através da prática. Apenas ler esse post não garantirá sucesso com a mentalidade hacking. 

É importante continuar estudando e principalmente colocando em prática seus conhecimentos, testando alternativas e analisando os resultados.

Se você deseja melhorar suas habilidades, encontre um projeto (grande ou pequeno) e comece a aplicar o pensamento de um growth hacking. 

Você aprenderá muito com seus próprios sucessos e fracassos. Por isso, não desista! Coloque a mão na massa e rume ao sucesso!

E se precisar de uma ajudinha conte com a gente. Nós da Cia Web Sites somos uma agência de marketing digital, especialistas em criação de sites. Continue acompanhando o nosso blog para mais conteúdo.

Até a próxima!



Toni Campos

Toni Campos

Co-Fundador da Cia Web Sites, trabalha com otimização de sites desde 2009. Apaixonado pelo que faz, dedicado e extremamente preocupado com a satisfação dos clientes. Louco por futebol (assiste até jogos da Série D), relaxa nos fins de semana tomando uma cervejinha, porque ninguém é de ferro.

Comentários