Como evitar que o IP do seu servidor caia na blacklist

Como evitar que o IP do seu servidor caia na blacklist

Postado em: 20 de Fevereiro de 2017
Compartilhe

Muitos de nós (administradores de servidor) passamos por problemas quando o assunto é envio de e-mails. Quando se tem apenas um IP configurado no servidor e ele tem um grande tráfego de e-mails, esse acaba sendo capturado por alguns servidores de blacklists. Estando listado em blacklists o servidor tem dificuldade de entregar e-mails e é nessa hora que os telefones começam a tocar com clientes não muito felizes.

E então, como evitar as blacklists?

Após enfrentar problemas com o grande tráfego de e-mails em nossos servidores (o que causava uma visita constante de nossos IPs em algumas blacklists) decidimos pôr fim a este problema que persistia a algum tempo.

Depois de uma longa pesquisa na web descobrimos um script simples que rotaciona os IPs do servidor evitando a sobrecarga de e-mails em um único IP. Desde a aplicação deste script, até o momento nosso servidor deixou de frequentar as blacklists.

Chega de papo e vamos praticar!

  • Realizamos a contratação de 5 IPs dedicados para efetuarmos a rotação;
  • A aplicação foi feita em 2 servidores dedicados, ambos com sistema operacional CentOS 7, WHM na versão 62.0 e Exim 4.

Inicialmente precisamos adicionar os IPs contratados no WHM. Para isso você deve navegar até Funções de IP > Adicionar um novo endereço IP.

Após a adição dos IPs contratados você deve navegar até Configuração de serviço > Gerenciador de configuração do exim. Nesta página, na aba Basic Editor, existe uma sub aba. Você deve navegar até a aba Domains and IPs. Nesta aba você deve desabilitar a opção Send mail from account’s dedicated IP address e habilitar as opções Reference /etc/mailhelo for outgoing SMTP HELO e Reference /etc/mailips for outgoing SMTP connections.

Feito isso, já estamos prontos para configurar o script que estaremos disponibilizando neste link. Tudo que você precisa fazer é adicionar seus IPs contratados na linha:

ips=("XXX.XXX.XXX.XXX" "XXX.XXX.XXX.XXX")

Lembre-se de deixar os números entre as aspas e separados por espaço.

Após a edição do script você deve fazer o upload dele para o servidor. No caso específico do nosso servidor, o arquivo estava localizado no diretório root.

Para finalizar, o nosso script deverá executar em intervalos de tempo de maneira que o IP de envio de e-mail permaneça em alternação. Então, você precisará adicionar a seguinte regra no cron do seu servidor:

*/15 * * * * sh /seu_diretorio/eximrandomips.sh

Isso significa que o script será executado de 15 em 15 minutos.

Fique atento

Não use este script para auxiliar no envio de SPAM. Não seja esse tipo de pessoa. A humanidade agradece e nós também 🙂

Por fim, para garantir que tudo funcione corretamente, você deve configurar os novos IPs nos registros de SPF e DKIM. É importante verificar também se os novos IPs estão listados em alguma blacklist, e, se estiverem, você precisará efetuar os procedimentos de remoção antes de realizar esse tutorial de como evitar blacklists.

Olha a dica

Se quiser verificar a existência de algum problema com seus e-mails, faça testes nesse site:

https://www.mail-tester.com/

É fácil e bem intuitivo, além de já ter nos ajudado a resolver muitos problemas. Ele limita a quantidade de consultas em 3 por dia, ok?!

Boa sorte e conte pra gente suas experiências com blacklists nos comentários!

Fonte: tiagomatos

Desenvolvedor web Front-end e Back-end, tem amor ao que faz. Passa tempo assistindo series, filmes, jogando e praticando airsoft. Fico muito feliz em compartilhar meu conhecimento com outras pessoas.

Compartilhe

Gostou do post? Comenta aí!