Como melhorar minhas pesquisas Google?

Como melhorar minhas pesquisas Google?

Postado em: 02 de fevereiro de 2012
Compartilhe

Já parou para pensar quantas vezes recorremos ao Google por dia? Seja para fazer uma pesquisa, encontrar um endereço no mapa, olhar o e-mail, entre outros. Apesar do Google ser muito eficiente em suas ferramentas nem sempre encontramos o resultado que queremos no Search.
Na maioria das vezes, sua pesquisa pode ser refeita usando estratégias diferentes para encontrar resultados mais relevantes à sua necessidade. Para entender melhor como isso funciona, é preciso entender superficialmente como funciona a indexação de documentos do Google.

Como Funciona a Indexação do Google?

O Google faz uma varredura na internet 24 horas por dia buscando novos documentos ou documentos alterados pela web. Sempre quando encontra um novo documento, o robô do google faz uma varredura neste e define um peso para cada palavra deste documento. Palavras comuns à vários documentos como artigos, preposições, etc. são praticamente excluídas. Sendo assim, o peso de cada palavra é uma ponderação entre quão rara é uma palavra e quantidade de vezes em que ela aparece neste documento.

Quais palavras, então, devo escolher para minha pesquisa?

Entendendo o processo de indexação do google descrito acima, as palavras mais relevantes à sua pesquisa são as palavras não comuns à outros documentos. Um erro comum dos usuários é digitar frases longas. Tome cuidado com palavras com duplo significado. Se você pesquisar a palavra: Cruzeiro no google você pode estar buscando um Cruzeiro Marítimo ou pelo Clube de Belo Horizonte. Se você tem uma conta Google e estiver logado no momento da pesquisa o Google vai usar o seu histórico de pesquisas para realizar sua busca atual. Um torcedor do Cruzeiro ao pesquisar a palavra Cruzeiro logado ao Google, encontrará resultados bem relevantes ao Clube e um usuário que não realiza, comunmente, pesquisas relacionadas à futebol e gosta de viagens, por exemplo, ao realizar a mesma pesquisa, obtém resultados mais relevantes à um Cruzeiro Marítimo. Estar logado é interessante nestas situações, mas, em determinados momentos, deixa o Google “viciado”. As vezes é interessante deslogar de sua conta para realizar determinada pesquisa.

Excluíndo e Forçando Palavras

Outra dica interessante que pode salvar sua pesquisa é usar os símbolos que ajudam o Google a entender melhor sua pesquisa. As aspas forçam que a frase dentro dela esteja em sua ordem correta. Quantas vezes você pesquisa uma frase de duas palavras e elas aparecem longe uma da outra? Basta então realizar uma nova pesquisa colocando a frase entre “Frase que deseja pesquisar”. Como exemplo, tente pesquisar o termo localizar ele primeiro sem as aspas. Depois faça uma nova pesquisa colocando as aspas “localizar ele” e veja a diferença entre os resultados obtidos.

Ás vezes você realiza uma pesquisa e uma palavra teimosa aparece se juntando a pesquisa inicial. Para retirar essa palavra basta usar o símbolo – (menos) e, sem espaço, digitar o termo -termo. Um bom exemplo é digitar two and a half. Os resultados, com certeza, serão sobre o seriado Two and a Half Men. Mas você pode não estar interessado no seriado, então, basta excluir a palavra men. Faça a pequisa agora com os termos: Two and a half -men.

Dá mesma forma que o – (menos) funciona para retirar termos o + (mais) serve para garantir os termos nos documentos encontrados. Tanto – como + funcionam combinando com as aspas.
Curiosidades
O Search do Google funciona também como conversor e calculadora. Experimente realizar pesquisas como “4*7”, “37 km to miles” e “17,6 real to dollar”. A calculadora é interessante mas praticamente inútil, porém, o conversor é muito útil em casos de urgência.

Gostou de nossas dicas? Comente abaixo suas experiências com o Search do Google.

Co-Fundador da Cia Web Sites, trabalha com otimização de sites desde 2009. Apaixonado pelo que faz, dedicado e extremamente preocupado com a satisfação dos clientes. Louco por futebol (assiste até jogos da Série D), relaxa nos fins de semana tomando uma cervejinha, porque ninguém é de ferro.

Compartilhe

Gostou do post? Comenta aí!